João Valentão

Ângela Maria


João Valentão é brigão
Pra dar bofetão
Não presta atenção
E nem pensa na vida

A todos João intimida
Faz coisa que até Deus duvida
Mas tem seu momento na vida

É quando o sol vai quebrando
Lá pro fim do mundo pra noite chegar

É quando se ouve mais forte
O ronco das ondas na beira do mar

É quando o cansaço da lida da vida
Obriga João se sentar

É quando a morena se encolhe
Se chega pro lado querendo agradar

Se a noite é de lua
A vontade é contar mentira
É se espreguiçar
Deitar na areia da praia
Que acaba onde a vista não pode alcançar
Assim adormece esse homem
Que nunca precisa dormir pra sonhar
Porque não há sonho mais lindo
Do que sua terra, não há

Letra enviada por nelson de campos

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Ângela Maria no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS