Boneca Joana

André Sardet


Ela olhou para a boneca da montra
E parou de repente
Apertou a perna da mãe
Que ficou indiferente

Quero aquela boneca
De cabelo em pé
Que tem olhos de gato
E é de cor de café

E a mãe pensou,
Disse-lhe que não e seguiu
Já tiveste tantas e são todas
Mais ou menos assim

Mas aquela boneca
É uma caso á parte
Tem uns ténis de lona
E é de cor de chocolate

Vou chamar-lhe princesa
Vou chamar-lhe Joana
Vou dormir toda a noite
Com ela na cama
Segurá-la no colo
E contar-lhe uma história
Em que que os homens do mundo
Vão escrever outra História

É uma boneca
Que tem outra cor
E que ficou esquecida por não ter amor
É uma boneca que nasceu diferente
Mas é doce e meiga para toda a gente

E então a mãe aprendeu uma grande lição
Todos nós devemos abrir muito mais o nosso coração

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a André Sardet no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS