Página inicial > Romântico > A > André Sardet > A Lição da Cigarra E da Formiga

A Lição da Cigarra E da Formiga

André Sardet


A cigarra e a formiga
Formavam um belo par
Eram o roque e a amiga
Vizinhas no meu pomar

A formiga com afinco
Carreirava no carreiro
Desde as nove até às cinco
No vaivém do formigueiro

A cigarra era uma artista
Cantava canções ligeiras
Num cabaré de revista
Debaixo das laranjeiras

Às vezes não tinha pão
E tinha que o inventar
Vendia a sua canção
A quem quisesse comprar

Mas um dia a formiga morreu
Não sabem de quê
Uns dizem que foi fadiga
Outros debaixo dum pé

E deixou dinheiro a prazo
A render para ninguém
E ouro à chave fechado
No fundo do armazém

E continuou a cigarra
Sempre pobre e falida
Acompanhada à guitarra
A cantar feliz da vida

Ouçam-na a meio da tarde
Alto vai o seu recital
Não tem anjo que a guarde
Nem sequer caixa mutual

Ó formigas sem prazer
Tirem a vossa lição
Pesem bem o deve e o haver
E ouçam mais o coração

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a André Sardet no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS