Quem Ama Perdoa

André e Andrade

Tá Na Cara


O sol vai descendo colorindo a tarde
Coração transborda, derrama de saudade
Dá uma vontade afoita, sonhar nos teus braços
Sem medo, sem roupa flutuar no espaço
Beijar tua boca, esquecer o tempo
Te amar, te amar

Na verdade quem ama perdoa
Quem não perdoa não sabe amar
Às vezes uma palavra à toa
Magoa, magoa, magoa

Na verdade quem ama perdoa
Quem não perdoa não sabe amar
Às vezes uma palavra à toa
Magoa, magoa, magoa

Nosso amor é tão lindo, merece uma chance
Um pequeno deslize virou uma avalanche
Há dias que eu acho que vou ter um fim
Só penso em você, já não lembro mais de mim
Já esqueci de viver, não dá pra te esquecer
Não dá, não dá

Na verdade quem ama perdoa
Quem não perdoa não sabe amar
Às vezes uma palavra à toa
Magoa, magoa, magoa

Na verdade quem ama perdoa
Quem não perdoa não sabe amar
Às vezes uma palavra à toa
Magoa, magoa, magoa

Na verdade quem ama perdoa
Quem não perdoa não sabe amar
Às vezes uma palavra à toa
Magoa, magoa, magoa

Compositor: Juraildes da Cruz

Letra enviada por Pedro Paulo Mariano

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a André e Andrade no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS