Dádiva

Ana Vilela

Ana Vilela


É tão bonito quando a gente pede o brilho
Então a vida nos faz o favor de entregar pro coração
Pedaços de estrelas do céu pra outra vez nos iluminar
Com um sorriso a dois ou um segredo
Que se expôs tão gentilmente que nem deu pra perceber
Com um abraço apertado ou uma voz do outro lado
E uma ligação só pra acalmar o coração

E eu só quero agradecer por ter vocês
Pra acompanhar minhas loucuras
Me deixar bem mais segura daquilo que eu posso ser
Se eu somente acreditar por almoçar depois do horário
Falar mal do Bolsonaro e desenhar luigis,
marios, cogumelos sem parar
Ou dar risada de tudo e sempre colorir meu mundo
Com as cores mais bonitas que eu já vi alguém pintar
Por me amarem com a mesma intensidade
E por serem, de verdade
a melhor família que eu pudesse ganhar

É engraçado como a gente ganha as coisas que precisa
Mesmo sem saber que vai precisar
E o coração sorri sem nem mesmo notar
Que é feliz por compartilhar
De um sorriso a dois
ou de um minuto que se foi pelo relógio
Mas eterno é em nós
De um abraço apertado ou de um conselho
que é dado sem a intenção
E ainda assim acalma o coração

E eu só quero agradecer mais uma vez
Por me aguentarem insegura
Me tornarem mais madura
E me mostrarem que os sonhos não se devem adiar
Por almoçar depois do horário
Falar mal do Bolsonaro
e desenhar luigis, marios, cogumelos sem parar
Por dar risada de tudo e sempre colorir meu mundo
Com as cores mais bonitas que eu já vi alguém pintar
Por me amarem com a mesma intensidade
E por serem, de verdade
a melhor família que eu pudesse ganhar

Letra enviada por Augusto Filho

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Ana Vilela no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS