Ducados

Ana Sofia Varela


Tens no lenço um coração
Com duas letras bordadas
Só tu sabes de quem são
E porque são encarnadas

E porque são encarnadas
Como a rosa e o botão
Com duas letras bordadas
Tens no lenço o coração

Ninguém sabe aonde vais
Fazem disto uma adivinha
Talvez que tu dês sinais
À tarde pela fresquinha

À tarde pela fresquinha
Pela hora dos pardais
Fazem disto uma adivinha
Ninguém sabe aonde vais

Voltas sempre com Ducados
Dentro da tua jaqueta
Mais um lenço com bordados
Os olhos cor de boleta

Os olhos cor de boleta
São da cor dos meus pecados
Dentro da tua jaqueta
Voltas sempre com Ducados

Compositor: João Monge

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Ana Sofia Varela no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS