Os Olhos da Mulher

Alvarenga e Ranchinho


As muiér dos olhos azur
Quem casar faz bestêra
Essas muiér dá prejuízo
Porque são muito gastadêra

As muiér dos olhos preto
Veja só como é que é
A gente casando hoje
Amanhã tá sem muiér

As muiér dos olhos marrom
São muito interessêra
E quando elas fica véia
Fica muito faladêra

As muiér dos olhos baio
Quem casar vai passar már
Pois são muito vaidosa
Só que sabê de passear

As muiér dos olhos verde
É as muiér que eu quase morro
Quem casar com essas muiér
Tá no mato sem cachorro

(Pedro Paulo Mariano - Santa Maria da Serra-SP)

Compositor: Capitão Furtado, Alvarenga e Ranchinho

Letra enviada por Pedro Paulo Mariano

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Alvarenga e Ranchinho no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS