Desafio

Alvarenga e Ranchinho


Vô cantá um desafio
Pra vê se encontro um home
Tenho encontrado porção
Quando eu começo eles some

Você deixa de garganta
Que eu vô te envergonhá
Tenho verso na cabeça
Como peixe tem no mar

Isso é muita mentira
Seu cara de bugio
Vô fazê uma viage
No burro do teu tio

No burro de meu tio
Garanto que ocê não vai
Você pode ir trepado
No cavalo do seu pai

O cavalo do meu pai
Anda com uma perna só
De um coice que levou
Da besta da tua vó

Minha vó nunca deu coice
Não faça atrapaiação
O seu pai já foi mordido
Do cachorro do seu irmão

O cachorro do meu irmão
Tem pelo de lã
Mas não é tão vira-lata
Como é a tua irmã

Não fale da minha irmã
Seu cara de gamanho
Vô contá pra toda a gente
Que você não toma banho

Então vamo fazê as paz
Como amigo e como irmão
Vamo saudá os presente
Que estão nesse salão

Compositor: Capitão Furtado, Alvarenga e Ranchinho

Letra enviada por Pedro Paulo Mariano

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Alvarenga e Ranchinho no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS