Carrero Bão

Alvarenga e Ranchinho

Violeiro Triste


Carrero bão é o carrero da fazenda
Boi tá no pasto e o carrero tá na venda
Carrero bão é o carrero da fazenda
Boi tá no pasto e o carrero tá na venda

Tenho três junta, todas as três empareiado
O Amarelinho, o Beija-Flor e o Carçado
O Boqueirão, o Pintassilgo e o Atrevido
É a garantia do carrêro aborrecido

Carrero bão é o carrero da fazenda
Boi tá no pasto e o carrero tá na venda
Carrero bão é o carrero da fazenda
Boi tá no pasto e o carrero tá na venda

Carrero bão é o carrero da fazenda
Boi tá no pasto e o carrero tá na venda
Carrero bão é o carrero da fazenda
Boi tá no pasto e o carrero tá na venda

Meu carro é o primeiro do sertão
A cheda é forte, de braúna é o cocão
Vivo cantando no meu carro cantadô
Todo o meu sonho tô gritando beija-flô
Carrero bão é o carrero da fazenda
Boi tá no pasto e o carrero tá na venda
Carrero bão é o carrero da fazenda
Boi tá no pasto e o carrero tá na venda

(Pedro Paulo Mariano - Santa Maria da Serra-SP)

Letra enviada por Pedro Paulo Mariano

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Alvarenga e Ranchinho no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS