A Baixa do Café

Alvarenga e Ranchinho


O café já deu a baixa
No mercado do estrangeiro
Não se vende mais café
Acabou-se os fazendeiro
Com a baixa do café
Acabou o ganho dos carreiro

Esse mundo tá perdido
Com a baixa do café
Quem comia de faca e garfo
Hoje come de cuiér
Quem andava de artomove
Hoje anda de a pé

Quem chamava seu Zequinha
Hoje chama seu José
Quem fumava só charuto
Fuma cigarro de papér
Quem andava de buique
Hoje anda de Chevrolet

Quem era generár
Abaixo pra coronér
Quem morava em São Paulo
Hoje mora em Taubatér
Quem usava meia fina
Hoje não tem meia no pé

Quem comia na pensão
Hoje o armoço é papér
Quem andava de chapéu
Hoje anda de bonér
Quem tava pra se casar
De certo ficô sem muiér

Quem era fazendeiro
Acabô catando papér
Quem mandava era os home
Hoje quem manda é as muiér
A causa dessa mudança
Foi a baixa do café

(Pedro Paulo Mariano - Santa Maria da Serra-SP)

Compositor: Capitão Furtado, Alvarenga e Ranchinho

Letra enviada por Pedro Paulo Mariano

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Alvarenga e Ranchinho no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS