Página inicial > Samba > A > Almir Guineto > Pranto Que Chorei

Pranto Que Chorei

Almir Guineto

Roda de Samba com: Almir Guineto


A gente podia ser, normal
Um simples caso de amor total
Mas tinha que ser assim
Amor é o bem e o mal
Te amar foi tão bom pra mim
Te amar quase foi fatal

Só Deus sabe o pranto que'u chorei
Oceanos, mares transbordei
Só Deus sabe o pranto que'u chorei
Oceanos, mares transbordei

Foram águas de março, foram temporais
Tantas mágoas disfarço mas doeu demais
Nossa represa que rompeu
O céu azul que escureceu
Eu fui a nuvem que choveu
Ao ver que o nosso amor morreu

Fui nascente, água pura toda natural
E você foi corrente e mistura de água doce e sal
Com muita sede eu mergulhei
Em cada gole eu me dei
Na tua vida fui um rio mas passei
A solidão me congelou a ilusão evaporou
E o nosso amor enfim, se afogou

Compositor: Arlindo Cruz - Franco - Acyr Marques

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Almir Guineto no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS