Página inicial > A > Alma & Lua > Linhas Paralelas

Linhas Paralelas

Alma & Lua


Nos lugares onde passo
Sempre encontro a solidão
E por mais que eu procure
Não encontro a sua mão

Nas esquinas dos meus sonhos
Sempre espero por você
E nos muros da saudade
O seu olhar me faz sofrer

Nos caminhos dessa vida
Não encontro essa paixão
E um vazio vai crescendo
Dentro do meu coração

Sinto a dor de ser sozinho
De não ter o seu carinho
Somos linhas paralelas
Sempre juntas, sempre retas
Sem destino e direção

Aonde está você?
Por mais que eu queira eu não consigo entender
Qual a magia que te afasta dos meus olhos
Em qual estrela você foi se esconder

Aonde está você?
A sua ausência é a causa dessa minha dor
Vê se responde aos apelos que eu faço
Antes que o tempo leve embora o meu amor

Nos caminhos dessa vida
Não encontro essa paixão
E um vazio vai crescendo
Dentro do meu coração

Sinto a dor de ser sozinho
De não ter o seu carinho
Somos linhas paralelas
Sempre juntas, sempre retas
Sem destino e direção

Aonde está você?
Por mais que eu queira eu não consigo entender
Qual a magia que te afasta dos meus olhos
Em qual estrela você foi se esconder

Aonde está você?
A sua ausência é a causa dessa minha dor
Vê se responde aos apelos que eu faço
Antes que o tempo leve embora o meu amor

Compositor: César Augusto

Letra enviada por Pedro Paulo Mariano

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Alma & Lua no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS