Página inicial > Samba > A > Alexandre Pires > Vamos Fazer Diferente

Vamos Fazer Diferente

Alexandre Pires


Tão brincando com a cara da gente
Estamos no fundo do poço
Com sede de agua corrente doutor
Eles dizem: 'vai ser diferente'
O velho com cara de novo
A mesma vinheta de sempre

E a selva de pedra
Que chora, que pede, que implora
São Pedro perdeu o compasso do samba
O povo abriu a torneira de Guarapiranga

A fonte do rio secou
Nego velho cansou de avisar
'Tá cheio de "terno e gravata"
Nadando por lá'
O recado foi dado, tá aí
O negócio é fazer diferente
Como se diz o compade
'Sabe de nada, inocente'

Tão brincando com a cara da gente
Estamos no fundo do poço
Com sede de agua corrente doutor
Eles dizem: 'vai ser diferente'
O velho com cara de novo
A mesma vinheta de sempre

E a selva de pedra
Que chora, que pede, que implora
São Pedro perdeu o compasso do samba
O povo abriu a torneira de Guarapiranga

A fonte do rio secou
Nego velho cansou de avisar
'Tá cheio de "terno e gravata"
Nadando por lá'
O recado foi dado, tá aí
O negócio é fazer diferente
Como se diz o compade
'Sabe de nada, inocente'

Tão brincando com a cara da gente
Estamos no fundo do poço
Com sede de agua corrente doutor
Eles dizem: 'vai ser diferente'
O velho com cara de novo
A mesma vinheta de sempre

Parado em cima do muro
Tá feito o ditado 'Quem cala consente'
Vamos fazer diferente
Perdido de um lado pro outro
Igual azeitona em boca sem dente
Vamos fazer diferente
Tá feito o conflito é geral
Isso não tá legal, a culpa é da gente
Vamos fazer diferente
E de repente secou, a chapa esquentou
Nosso clima tá quente
Vamos fazer diferente

Vamos fazer diferente
Vamos fazer diferente

Letra enviada por Playlists do Vagalume

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Alexandre Pires no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS