Necesidad (tradução)

Alexandre Pires

Alexandre Pires


Necessidade


Beijar tua boca é a minha aventura

Onde faço cambalhotas e começo a cair

Beijar tua boca é perder a inocência

Beijar tua boca é jogar e perder

Por isso entenda que preciso de você

Por isso, te beijar é morrer e voltar a viver

Eu adoro me dar por derrotado na sua boca

Me dar por vencido e dormir na sua pele

Beijar a tua boca é uma loucura

Por isso, meu amor, não quero te perder


Maldito tempo que se acaba

Quando estou contigo, maldito

Maldito seja o tempo quando você não está

Maldito seja o tempo que some

Quando eu preciso de você

E que seja bendita essa necessidade

E que seja bendita essa necessidade


La la la la

La lara la la la la

La la la la la la la

La lara la la la la


Beijar tua boca, minha vida, é voar no infinito

É não fazer perguntas, nem saber por quê

Beijar tua boca é a dor e o remédio

Beijar a tua boca é o agora e o depois

Por isso é em você que me desafogo

Por isso, te beijar é morrer e voltar a viver


Maldito tempo que se acaba

Quando estou contigo, maldito

Maldito seja o tempo quando você não está

Maldito seja o tempo que some

Quando eu preciso de você

E que seja bendita essa necessidade

E que seja bendita essa necessidade


Por isso, te beijar vem antes de tudo

É muito bom

Por isso, te beijar é morrer e voltar a viver


Maldito tempo que se acaba

Quando estou contigo, maldito

Maldito seja o tempo quando você não está

Maldito seja o tempo que some

Quando eu preciso de você

E que seja bendita essa necessidade

E que seja bendita essa necessidade


Maldito tempo que se acaba

Quando estou contigo, maldito

Maldito seja o tempo quando você não está

Maldito seja o tempo que some

Quando eu preciso de você

E que seja bendita essa necessidade

E que seja bendita essa necessidade

Necesidad


Besar esa boca es toda una aventura

Donde hago piruetas y empiezo a caer

Besar esa boca no tiene clemencia

Besar esa boca es jugar y perder

Por eso comprendes que te necesito

Por eso besarte es morir y volver

Caer derrotado en tu boca me gusta

Quedarme vencido y dormido en tu piel

Besar esa boca se ha vuelto locura

Por eso mi amor no te quiero perder


Maldito el tiempo que se acaba

Cuando estoy contigo, maldito

Maldito el tiempo que tu no estas

Maldito el tiempo que se esfuma

Cuando te preciso

Y bendita que seas mi necesidad

Y bendita que seas mi necesidad


La la la laaaaa

La lara la la la laaa

La la la la la la la

La lara la la la laaa


Besarte mi vida es andar por los cielos

Es no hacer preguntas ni saber porque

Besarte esa boca es dolor y remedio

Besar esa boca es ahora y después

Por eso eres tu donde me desahogo

Por eso besarte es morir y volver


Maldito el tiempo que se acaba

Cuando estoy contigo, maldito

Maldito el tiempo que tu no estas

Maldito el tiempo que se esfuma

Cuando te preciso

Y bendita que seas mi necesidad

Y bendita que seas mi necesidad


Por eso besarte se vuelve ante todo

Es mas allá que el bien

Por eso besarte es morir y volver


Maldito el tiempo que se acaba

Cuando estoy contigo, maldito

Maldito el tiempo que tu no estas

Maldito el tiempo que se esfuma

Cuando te preciso

Y bendita que seas mi necesidad

Y bendita que seas mi necesidad


Maldito el tiempo que se acaba

Cuando estoy contigo, maldito

Maldito el tiempo que tu no estas

Maldito el tiempo que se esfuma

Cuando te preciso

Y bendita que seas mi necesidad

Y bendita que seas mi necesidad

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS