Biografia

Alexandre Pires

Nasceu em 8 de janeiro de 1976

Brasil

Em 2003, ao ser recebido na Casa Branca pelo presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, Alexandre Pires posou para fotos com o poderoso estadista, para o qual tocou violão e cantou Garota de Ipanema em português e em inglês. O histórico encontro com Bush confirmou o meteórico sucesso mundial feito por este mineiro de Uberlândia, que tinha lançado seu primeiro disco em 1993, há apenas dez anos.

Nascido em 8 de janeiro de 1976, numa família de extrema musicalidade, Alexandre Pires deu seus primeiros passos na carreira musical em 1989, quando decidiu fundar o grupo de pagode Só Pra Contrariar com amigos de Uberlândia e alguns familiares como o irmão Fernando Pires, que viria a ocupar o posto de baterista do grupo (e mais tarde de vocalista, quando o irmão partiu em carreira solo).

A escalada do Só pra Contrariar nas paradas foi vertiginosa. Das concorridas apresentações em cidades mineiras e de Estados vizinhos para o sucesso nacional, decorreram apenas quatro anos. Em 1993, contratado pela gravadora BMG, o grupo lançou seu primeiro disco, SPC – Só pra Contrariar, com Alexandre Pires nos vocais. As faixas "Que se Chama Amor" e "A Barata" logo caíram no gosto popular, projetando o cantor nas rádios e em programas de televisão.

Em 1994, o segundo disco, Só Pra Contrariar, consolidou o sucesso do grupo e o de Alexandre em particular, que logo virou ídolo pelo carisma que exibia no palco e nas apresentações televisivas. A faixa 'Essa Tal Liberdade' virou hit e mostrou que o pagode pop do grupo não era modismo passageiro.

Seguiram-se mais dois discos – O Samba Não Tem Fronteiras (1995) e Só Pra Contrariar Futebol Clube (disco ao vivo de 1996 que trouxe a inédita "Tributo aos Mamonas") – até que, em 1997, Alexandre Pires e seu grupo bateram recorde histórico na indústria fonográfica brasileira. Lançado no início de 1997, o quinto disco do grupo, Só pra Contrariar, vendeu nada menos do que três milhões de cópias no embalo de megahits como "Depois do Prazer" e "Mineirinho". Tamanho sucesso extrapolou as fronteiras do Brasil e começou a dar projeção internacional a Alexandre e ao seu grupo, especialmente no mercado latino formado por países de língua espanhola.

O grande sucesso também rendeu o primeiro disco internacional de Alexandre, "Quando Acaba el Placer". Esta coletânea de hits do Só pra Contrariar, regravados em castelhano, foi a semente de uma carreira brilhante desenvolvida pelo cantor no mercado latino, com vendagens expressivas. Seu sucesso e carisma pessoal foram tamanhos que ele se viu obrigado a deixar o grupo Só pra Contrariar – depois de mais três discos: Só Pra Contrariar (álbum de 1999 que destacou a faixa 'Sai da Minha Aba'), Bom Astral (2000) e SPC Acústico (projeto ao vivo de 2002 que trouxe participações de astros como Caetano Veloso e Gilberto Gil) – para partir em carreira solo pelo mercado internacional.

Como prioridade da BMG Latina, Alexandre Pires lançou seu primeiro disco solo em espanhol ainda em 2001, Es por Amor, intitulado É Por Amor na edição brasileira. Na edição original em castelhano, o álbum foi divulgado em mais de 25 países de língua espanhola, inclusive na comunidade latina residente nos Estados Unidos. O carro-chefe do disco foi a balada "Usted se me Llevó la Vida".

O sucesso internacional rendeu a Alexandre Pires gravações com ídolos estrangeiros como Gloria Estefan e Rod Stewart. Em 2003, o cantor lançou seu segundo disco internacional, Estrella Guia, que destacou a faixa "Amame". O êxito do álbum mostrou que o sucesso já não tem fronteiras para o mineirinho carismástico e talentoso chamado Alexandre Pires.


Fonte: site Sony BMG

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ÁLBUNS

ARTISTAS RELACIONADOS