Se Lo Dices Tú (tradução)

Alejandro Sanz

El Tren De Los Momentos


Você diz a ela


Descobrir, descobre-me

Um mapa do meu rosto

É dentro de seus olhos

A reprovação de sua alma

Não precisa me dizer nada

Eu apenas seus olhos

Quando eu não tenho o oposto

eu fazer um mapa de seu rosto

É dentro de meus olhos

Mas vazamentos, derramamentos

E com o seu olhar

Em qualquer tempestade que eu possa fazer um céu azul

Mas quando você se levanta, garota, você dizer a ele

Ele é o que você diz


E se não o tenha

fico em silêncio

você não se importa com o mundo

Você não precisa me dizer nada

Para corrigir suas asas

Eu apenas seus olhos

Serena está no ar

E não há paz neste tranquila. Felizment

nós dois, a falta dela

E eu derramado

E com o seu olhar

Em qualquer tempestade que eu possa fazer um céu azul

Mas quando você se levanta, garota, você dizer a ele


Ele é o que você diz

que me falta a força ea coragem, diga a ela

É você explicar, você sabe

você diga a ela, diga a ela, com seus olhos

O que você que você se importa

Você dizer

Para... não me deixe a mim mesmo, com o coração

Ele é o que você diz


eu não consigo encontrar uma razão

Para falar de você

Precisamos de uma canção

Estou escrevendo menina

O que acontece é que sempre que eu falo

Quando você está mais magoado


Ele é o que você diz

que me falta a força ea coragem, diga a ela

É você explicar, você sabe

você diga a ela, diga a ela, com seus olhos

O que você que você se importa

Você dizer

Para... não me deixe a mim mesmo, com o coração

Ele é o que você diz


que me falta a força ea coragem, diga a ela

É você explicar, você sabe

você diga a ela, diga a ela

Com seus olhos que você que você se importa

Você dizer

Para... não me deixe a mim mesmo, com o coração

Ele é o que você diz

Ele é o que você diz

Se Lo Dices Tú


Se destapa, me destapa,

Hace un mapa de mi cara

Está dentro de sus ojos

El reproche de su alma.

No hace falta que me diga nada,

Me basta con su mirada.

Cuando no la tengo enfrente,

Hago un mapa de su cara,

Está dentro de mis ojos,

Pero se derrama, se derrama,

Y con su mirada,

De cualquier tormenta soy capaz de hacer un cielo azul,

Pero cuando se levante, niña, se lo dices tú,

Se lo, se lo dices tú.


Y si no descansa su alma

En silencio me transformo

Que no le moleste el mundo

No hace falta que me digan nada

Para arreglar sus alas

Me basta con su mirada.

Serena va en el aire.

Y no hay paz en esta calma,

Menos mal que somos dos, para extrañarla.

Y se me derrama

Y con su mirada,

De cualquier tormenta soy capaz de hacer un cielo azul,

Pero cuando se levante, niña, se lo dices tú.


Se lo, se lo dices tú

Que a mi me falta la fuerza y el coraje, se lo dices tú.

Se lo explicas tú, que sabes,

Se lo dices tú, se lo dices tú, con tus ojos

Que a ti qué más te da,

Se lo dices tú

Porque… no me dejes a mí, con ese corazón

Se lo, se lo dices tú.


Yo no encuentro una razón,

Para hablar de ti,

Hace falta una canción,

Que te estoy escribiendo niña,

Lo que pasa es que siempre te hablo

Cuando estás más dolida.


Se lo, se lo dices tú

Que a mi me falta la fuerza y el coraje, se lo dices tú.

Se lo explicas tú, que sabes,

Se lo dices tú, se lo dices tú, con tus ojos

Que a ti qué más te da,

Se lo dices tú

Porque… no me dejes a mí, con ese corazón

Se lo, se lo dices tú.


Que a mi me falta la fuerza y el coraje, se lo dices tú,

Se lo explicas tú, que sabes,

Se lo dices tú, se lo dices tú,

Con tus ojos que a ti qué más te da,

Se lo dices tú

Porque… no me dejes a mí, con ese corazón

Se lo, se lo dices tú.

Se lo, se lo dices tú.

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS