Quiero Morir En Tu Veneno (tradução)

Alejandro Sanz

MTV Unplugged


Quero morrer em seu veneno


Quero, quero

Você e eu em meu quarto

A escuridão é a nossa canção

E eu já sou feliz

Você é a inspiração

Você cria e é a criação

És o ódio e o querer


Vem, te darei todos meus sonhos

Porque vivo de ilusão

E assim não sei viver

Mesmo sem querer penso em você

És o fogo em que me queimo

Quero morrer em teu veneno

Bebê-lo de sua pele... e minha pele


Quero, quero

Me perco na realidade

Sua luz me guia para sonhar

Te procuro meu amor

Você, tão perfeita, você é

Produto da minha imaginação

Por você perco a razão


Vem e parte-me de desejo

Quero morrer em teu veneno

Sem você não sei viver

Sofro, mas sem você sofro mais

Queimo-me em seu fogo

Quero morrer em teu veneno

Veneno de sua pele


Sim, feche meus olhos

E dei-me de beber

Antes que o sol se vá

Sim, salve sua vida

Mas, pelo menos mais uma vez


Vem, te darei todos meus sonhos

Sei que vivo de ilusão

E assim não sei viver

Mesmo sem querer penso em você

És o fogo em que me queimo

Quero morrer em teu veneno

Bebê-lo de sua pele... e minha pele

Veneno de sua pele... menina veneno que pode matar

Veneno de sua pele... dê-me, dê-me seu veneno

Veneno de sua pele... quero bebê-lo de sua pele menina

Veneno de sua pele

Quiero Morir En Tu Veneno


Quiero, quiero...

Tu y yo en mi habitación,

la oscuridad nuestra canción

y ya soy felíz.

Eres la inspiración;

tú creas y eres creación,

eres odio y querer.


Ven, te daré todos mis sueños

porque vivo de ilusiones

y así no sé vivir.

Si aunque no quiera pienso en tí

y el fuego en que me quemo,

quiero morir en tu veneno,

beberlo de tu piel y mi piel.


Quiero, quiero...

Me pierdo en la realidad,

tu luz me guia hacia el soñar;

te busco, mi amor.

Tú, tan perfecta, solo tú,

producto de mi imaginación;

por tí pierdo la razón.


Ven a romperme de deseo,

quiero morir en tu veneno

sin tí no sé vivir,

que sufro más sin tu sufrir.

Quémame en tu fuego,

quiero morir en tu veneno,

veneno de tu piel.


Si, tápame los ojos

y dame de beber

antes que salga el Sol;

si, sálvate la vida

pero hazlo de una vez.


Ven, te daré todos mis sueños

que vivo de ilusiones

y así no sé vivir.

Si aunque no quiera pienso en tí

y el fuego en que me quemo,

quiero morir en tu veneno,

beberlo de tu piel y mi piel.

Veneno de tu piel... veneno niña pa'morir

veneno de tu piel... dame veneno

veneno de tu piel... quiero beberlo de tu piel niña

veneno de tu piel...

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS