Pero Tú (tradução)

Alejandro Sanz

Sirope


Mas Você


Espera, que com sorte

A festa acaba e ficamos só nós dois

Espera, me lembre

Que abrirá as portas do meu coração


Eu não serie, quem assopre o sol

Quem tropece e pise na flor

Se lembre, e poderá ver

Que em você eu encontro as chaves da felicidade

Vem, me provoca!


Me lembre de dizer não

ao frio, ao sofrimento, que diga não ás dores

Me empurra e me obriga

a dar outro passo pra seguir em frente


E me permita, de dar razão

Sua verdade encobre tudo, é como um trem

Vem, chega mais perto, me dá seu calor

e um beijo que me despentei, que me despentei!


mas você, mas você, mas você

mas você, mas você

Me diz de onde você veio, você é louca

eu sei, mas sua luz é o mais grande


mas você, mas você, mas você

mas você, mas você

Me diz de onde você veio

Mas não importa, amor

Que pra mim já está bom


Olha, tire a roupa, fique corada

eu apago minha tristeza e te devo a dor

Entenda, minha curiosidade

Conserva as melhores vitas da sua liberdad


Me presenteia com a sua convicção

Entrega-me tesouros que eu desconheço

que sorte nossa seria

a vida sonhada é melhor sem mais


Pede pra mim, nossa ilusão

Exija o valor da nossa intenção

E só olha pra mim, não diga mais

que isso é normal, que me chateia


mas você, mas você, mas você

mas você, mas você

Me diz de onde você veio, você é louca

eu sei, mas sua luz é o mais grande


mas você, mas você, mas você

mas você, mas você

Me diz de onde você veio

Mas não importa, amor

Que pra mim já está bom


Reconhecer que tem valor

Salpicando-me com risos e fé

Olha eu não serei quem corta a flor

A verdade me surpreende e cada dia mais

volto a viver


mas você, mas você, mas você

mas você, mas você

Me diz de onde você veio, você é louca

eu sei, mas sua luz é o mais grande


mas você, mas você, mas você

mas você, mas você

Me diz de onde você veio

Mas não importa, amor

Que pra mim já está bom


Olha, tire a roupa, fique corada

eu apago minha tristeza e te devo a dor

Pero Tú


Espérate, que a lo mejor

Se acaba la fiesta y quedamos dos

Espérate, recuerdamé

Que te habrá las puertas de mi querer


Yo no seré, quien sople al sol

Quien pierda el paso y pise la flor

Acuérdate, ya lo verás

En ti encuentro las llaves de la felicidad

Anda provócame!


Recuérdame, que diga no

Al frío a la pena, diga no al dolor

Empújame y Oblígame

A dar otro paso para caminar


Y permíteme, darte la razón

Tu verdad lo arolla todo, es un tren

Venga, acércate, dame calor

Y un beso que me despeine, que me despeine!


Pero tú, Pero tú, Pero tú

Pero Tú, Pero Tú...

Dime de donde sales, estás loca

Lo sé, pero, tu luz es lo más grande


Pero tú, Pero tú, Pero tú

Pero tú, Pero tú...

Dime de donde sales

Pero no importa amor

Que a mí ya ni me vale


Mira desnúdate, ponde el rubor

Me como la tristeza y te debo el dolor

Entérate, mi curiosidad

Conserva las mejores vistas de tu libertad


Regálame, tu convicción

Entrega tesoros que no se ni yo

Que suerte que, no va a quemar

La vida soñada es mejor si más


Reclámame, nuestra ilusión

Exígeme el valor que tiene la intención

Solo mírame, no digas más

Que todo es tan normal, que me aburre


Pero tú, Pero tú, Pero tú

Pero tú, Pero tú...

Dime de donde sales, estás loca

Lo sé, pero tu luz es lo más grande


Pero tú, Pero tú, Pero tú

Pero tú, Pero tú...

Dime de donde sales

Pero no importa amor

Que a mí ya ni me vale


Reconocer, que tienes valor

Salpicándome de risas e fe

Mira no seré, quien corte la flor

La verdad me sorpredes cada día más

Vuelvo a vivir


Pero tú, Pero tú, Pero tú

Pero tú, Pero tú...

Dime de donde sales, estás loca

Lo sé, pero, tu luz es lo más grande


Pero tú, Pero tú, Pero tú

Pero tú, Pero tú...

Dime de donde sales

Pero no importa amor

Que a mí ya ni me vale


Mira desnúdate, ponte el rubor

Me como la tristeza y te debo el dolor

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS