Para Que Me Quieras (tradução)

Alejandro Sanz


To sem mim


De qualquer maneira, não vai ser

o mantra de que a voz, aquela mulher

Se alguém me perguntar eu vou dizer a você

atrás de um novo adeus, sempre é difícil de acordar

E que essas coisas acontecem, para querer saber. Sem saber o que quere

involuntariamente te amei


São aqueles ratitos que você me dá, o que é muito melhor

mais vigor e licença, que, se o coração está

se você estiver indo para sair, vamos dar sem culpa

Quem pode querer pensar sobre a alma


E eu quero te dar

um ano você vai apenas molas

e acender em seu cabelo com um alfinete


E eu quero, eu vou te amar

com um carinho que, desta vez

quero ficar garota que eu quero estar presente

na minha própria vida

e são esses ratitos que você me dá

tais ratitos me dar

tais ratitos me dar


E agora me diga que você está bem

se alguém me pergunta, me amar, me amar

o que eu deixei em suas mãos, pa 'sabem amar

me tocar de novo e de novo

mais e outra vez


E são esses ratitos que você me dá, o que é muito melhor

mais vigor e licença, que, se o coração está

se você estiver indo para sair, vamos dar sem culpa

Quem pode querer pensar sobre a alma


E eu quero te dar

um ano você vai apenas molas

e acender em seu cabelo com um alfinete


E eu quero, eu vou te amar

com um carinho que, desta vez

quero ficar garota que eu quero estar presente

e na minha própria vida


Somente Springs

e acender em seu cabelo com um alfinete

eu quero te amar

com um carinho que, desta vez

quero ficar garota que eu quero estar presente

e na minha própria vida


E são esses ratitos você me dar

tais ratitos me dar


Para Que Me Quieras


De cualquier manera no va a ser

esa cantinela de esa voz, de esa mujer.

Si alguien me pregunta yo le diré,

que detrás de un nuevo adiós, siempre cuesta despertar

Y que esas cosas pasan, por querer saber

sin saber querer, sin querer que te amé.


Son esos ratitos que me das, en los que es mucho mejor

no hacer más fuerza y dejar, que si se va el corazón

que si se va que se vaya, no lo hecharemos en falta.

Quién puede quererse pensando en el alma


Y para que me quieras te daré

un año entero que te haré sólo de primaveras

y lo prenderé en tu pelo con un alfiler


Y para que me quieras, te querré

con un cariño que esta vez

quiero quedarme niña quiero estar presente,

en mi propia vida

y son esos ratitos que me das,

esos ratitos que me das,

esos ratitos que me das


Y ahora dime sólo que estás bien

si alguien te pregunta, quiéreme, quiéreme

qué me queda en esas manos, pa' saber querer

acaríciame una y otra vez

una y otra vez


Y son esos ratitos que me das, en los que es mucho mejor

no hacer más fuerza y dejar, que si se va el corazón

que si se va que se vaya, no lo hecharemos en falta.

Quién puede quererse pensando en el alma


Y para que me quieras te daré

un año entero que te haré sólo de primaveras

y lo prenderé en tu pelo con un alfiler


Y para que me quieras, te querré

con un cariño que esta vez

quiero quedarme niña quiero estar presente,

y en mi propia vida


Sólo de primaveras

y lo prenderé en tu pelo con un alfiler

para que me quieras te querré

con un cariño que esta vez

quiero quedarme niña quiero estar presente,

y en mi propia vida.


Y son esos ratitos que me das

esos ratitos que me das......


Letra enviada por Raphael Garcez

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS