Para Decirle Adiós (tradução)

Alejandro Sanz

La Música No Se Toca


Para dizer adeus


Eu não sei o meu ponto de hélices eólicas

Furacões dos meus vértices

Nós apenas mover-se


Melhor

Vamos chegar mais perto eu e eu

Para o ponto de quase se tocando

O riso da escuridão


Mas a rendição

Como entregou a cadeira

Como resplendor mãos

O melhor pôr do sol

Render-se, entregar-se olhar


rendição

Que você não tem escolha, mas para te dar amor

rendição

Que na alegria eu me tornar mais forte

rendição

Dê-me os braços, sem condição

Presos não no meu coração

Deus me diga o que eu posso fazer

Para dizer adeus


Se você vai

Cuja história sem

Quem me abraçar agora a tropeçar


Não há necessidade de esconder

Mas lembrei-me

Das flores da cadeira

Desde a sua voz na sala de aula

A partir da sua baía riso

Lembrei-me agora e entregar


rendição

Que você não tem escolha a não ser desistir de amor

rendição

Que na alegria eu me tornar mais forte

rendição

Dê-me os braços, sem condição

Presos não no meu coração

Deus me diga o que eu posso fazer

Para dizer adeus


rendição

Que você não tem escolha, mas para te dar amor

rendição

Que na alegria eu me tornar mais forte

rendição

Dê-me os braços, sem condição

Presos não no meu coração

Deus me diga o que eu posso fazer

Para dizer adeus

Para Decirle Adiós


No sé parar al viento de mis hélices

Los huracanes de mis vértices

No hacemos más que transitar


Mejor será

Que empiece yo y me acerque más

Al punto casi de rozar

La risa de la oscuridad


Pero ríndete

Como se rindió el sillón

Como se entregó el rubor

Del mejor atardecer

Ríndete, mira ríndete


Ríndete

Que no te queda más remedio que entregarte amor

Ríndete

Que en tu alegría yo me hago fuerte

Ríndete

Entrégame tus armas sin condición

Que no hago prisioneros en mi corazón

Dios mío dime qué es lo que yo puedo hacer

Para decirle adiós


Si tú te vas

A quién le cuento sin contar

A quién me abrazo ahora al tropezar


No tienes que disimular

Pero me acordé

De las flores del sillón

De tu voz en el salón

De tu risa de laurel

Me acordé y ahora ríndete


Ríndete

Que no te queda más remedio que rendirte amor

Ríndete

Que en tu alegría yo me hago fuerte

Ríndete

Entrégame tus armas sin condición

Que no hago prisioneros en mi corazón

Dios mío dime qué es lo que yo puedo hacer

Para decirle adiós


Ríndete

Que no te queda más remedio que entregarte amor

Ríndete

Que en tu alegría yo me hago fuerte

Ríndete

Entrégame tus armas sin condición

Que no hago prisioneros en mi corazón

Dios mío dime qué es lo que yo puedo hacer

Para decirle adiós

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS