Hay Un Universo de Pequeñas Cosas (tradução)

Alejandro Sanz

Grandes Exitos 91-2004


Há um universo de pequenas coisas


Por que há estrelas que brilham mas não são vistas?

E existe gente que nunca chegarei a conhecer

Ainda que as possa ver

São os azuis feridos do amanhecer

Desprendem-se do céu, arranhando-me,...

Arranhando-te arranhando-te


Há um universo de pequenas coisas

Que só acordam quando você diz o nome delas

Tudo que é belo está esperando o seu olhar

Tenho uma caricia que sem você se derrama


Há um universo feito de pequenas coisas

Que voam sobre a sua cabeça de você as sobra

Há entardeceres que não terminam de se por

Há um mar inteiro se resumindo na sua boca.


E eu te juro minha vida que o atravessei...

Pergunte à sua pele

Já não se lembra, companheirinha minha?

Quanto te falei do meu universo, ta vendo?

Não acreditava em mim, não é?

Que existem os cantinhos...

Onde o amor esconde...


Todo um universo de pequenas coisas

Nele esta me esperando ela

De uma nuvem a outra

Não há uma promessa que resista àquelas dúvidas

Não há uma caricia que vença aquela lua


E eu te juro minha vida que desde ontem

A lua está, está na sua pele

Eu te juro minha vida, te encontrarei

Junto àquele espaço

Você e eu e o céu, e o céu

Que existem os cantinhos

Onde o amor esconde


Porque há estrelas que brilham por aí.... sei disso

E existem lugares que nunca pude conhecer.

Por isso venha ver... comigo aquele sol

De prata salpicando os mares...

De prata salpicando... os mares...

De pequenas coisas


Há um universo de pequenas coisas

No qual os amargos trançam flores

Para enfeitar fronteiras

Há um olhar que sussurra às minhas costas

Quando os segredos

Ou são ditos

Ou são guardados


Se eu te juro vida minha que posso fazer

Desse universo para ti um bem

E você me jura minha vida

Que pode ser

Você, e eu e o céu, aquele céu


E eu te juro vida minha

Que posso fazer de este universo para ti um bem

E você me jura minha vida

Que pode ser,

Que existem os cantinhos

As tardes que se põem


Porque há estrelas que brilham mas não são vistas

E existem lugares que nunca pude conhecer...





















Hay Un Universo de Pequeñas Cosas


Porque hay estrellas que brillan

pero no se ven?

Y existe gente que nunca llego a

conocer

aunque los pueda ver

son los azules heridos del amanecer

se desprenden del cielo, arañandome,...arañandote

arañandote


Hay un universo

de pequeñas cosas

que solo se despiertan

cuando tu las nombras


Todo lo que es bello

esta esperando tu mirada

tengo una caricia

que sin ti se me derrama


Hay un universo

hecho de pequeñas cosas

que vuelan sobre tu cabeza

si las soplas

Hay atardeceres

que no acaban de ponerse

hay un mar entero

resumiendose en tu boca


Y yo te juro vida mia que lo surque

...preguntale a tu piel

ya no te acuerdas? compañerita mia.

cuando te hable

de mi universo ves?

no me creias...no?

Que existen los rincones...

donde el amor se esconde...


Todo un universo de pequeñas cosas

en el me esta esperando ella

de una nube a otra

no hay una promesa

que resista aquellas dudas

no hay una caricia

que le pueda a aquella luna


Y yo te juro vida mia que desde ayer

la luna esta, esta en tu piel

yo te lo juro vida mia, te encontrare

junto al espacio aquel

tu y yo y el cielo, el cielo

que existen los rincones

donde el amor esconde.


Porque hay estrellas que brillan por ahi...lo se

y existen sitios que nunca pude conocer.

Por eso ven a ver...conmigo el sol aquel

de plata salpicandonos los mares...

de plata salpicandonos...los mares...

de pequeñas cosas.


Hay un universo

de pequeñas cosas

en el que los amargos

trenzan flores

pa' adornar fronteras.

Hay una mirada

que susurra a mis espaldas

cuando los secretos

o se dicen o

se callan.


Si yo te juro vida mia

que puedo hacer

de este universo para ti uno bien

y tu me juras vida mia

que puede ser

tu, y yo y el cielo, el cielo, aquel


Y yo te juro vida mia

que puedo hacer de este universo para ti uno bien

y tu me juras vida mia

que puede ser,

que existen los rincones

las tardes que se ponen.


Porque hay estrellas que brillan

pero no se ven

y existen sitios que nunca pude conocer...


Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS