Página inicial > Fado > A > Aldina Duarte > Fado Com Dono

Fado Com Dono

Aldina Duarte


Diz quem já me ouviu cantar
Que, quando soa o meu canto,
A terra inteira estremece;
E os rios perdem o mar,
E as pedras rolam de espanto,
E até o mal se enternece

Diz quem meu fado conhece
Que ele enfeitiça e encanta,
E comove, e tira o sono
É a paixão que entretece
Os fios de quem o canta
Porque o meu fado tem dono

Eu canto para procurar
Aquele que já foi meu
E a morte me arrebatou
Não desisto de cantar,
Chamando o nome de Orfeu
Em todo o lado aonde vou

Mesmo que o saiba fechado
No Inferno mais profundo
E não me aguarde outra sorte,
Levo comigo o meu fado -
Vou até ao fim do mundo
Para morrer da sua morte.

Compositor: Maria do Rosário Pedreira e Armando Machado (Fado Cigana)

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Aldina Duarte no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS