Alcione
Página inicial > Samba > A > Alcione > Tatu, Engenheiro de Metrô

Tatu, Engenheiro de Metrô

Alcione

Morte De Um Poeta


Dona onça enfermeira
Jacaré era dentista

O tatu foi nomeado engenheiro do metrô
Esburacou toda a cidade
Mas a obra terminou

O tatu foi nomeado engenheiro do metrô
Esburacou toda a cidade
Mas a obra terminou

Urso era promotor
Elefante, delegado
A raposa era juíza
Papagaio, advogado
Cachorro muito rico
Era cara extravagante
Porco era vagabundo
Gato era despachante

Mas Deus

Deus quando criou o mundo
O paraíso era legal
Bichos elegantes
Haviam no reino animal
O leão sempre foi rei
Casado com a leoa
Sapo era professor
Na beira de uma lagoa
Macaco bem empregado
Tinha fama de artista
Dona onça enfermeira
Jacaré era dentista

O tatu foi nomeado engenheiro do metrô
Esburacou toda a cidade
Mas a obra terminou

O tatu foi nomeado engenheiro do metrô
Esburacou toda a cidade
Mas a obra terminou

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Alcione no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

ESTAÇÕES

ARTISTAS RELACIONADOS