Página inicial > MPB > A > Alceu Valença > Mundo Desumano

Mundo Desumano

Alceu Valença


Lampião em cima de um lajeio
Sente a dor de um velho que perdeu seu castelo
e o seu trono
E seu olho sábio, chora triste

Ver que o povo permanece na mesmice
Sem direito na vida
Quem viva alegre, guerreando

Enfrentando a injustiça, não resiste
Sem saber que está morto, pensa triste
Que esse mundo continua desumano

Letra enviada por Leandro Saueia

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Alceu Valença no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS