Página inicial > A > Aládio Dullius > Liberdade Eterna

Liberdade Eterna

Aládio Dullius


Sonho viver longe das tristezas
Viver na pureza da água e do ar
Junto a natureza eu encontro o refúgio
Ouvindo bastante e falando muito pouco
Aprendendo a cantar

Ninguém vai te tirar a liberdade eterna
Nem a tranquilidade da natureza
Ninguém vai tirar o canto das aves
Ninguém vai tirar o contemplar da beleza

Com meu violão entoando num instante
Suavemente ouvindo os pássaros assoviar
Sem preconceitos a vida se torna mais bela
Com a liberdade pra entender o meu cantar

Quando entendermos os dizeres da natureza
Tão pura e linda pra viver pra sonhar
Com tanta formosura consegue me prender
O som das águas e dos pássaros, ninguém vai nos tirar

Não me digas que não consegues ver
Não me digas que não consegues ouvir
Não me digas que não consegue entender
Não me digas que não consegue sentir

A natureza, não haverá quem a supere
O mais elevado que qualquer edifício
Mais elevado que qualquer um dos vícios
Mesmo tendo aquele que quer viver do artifício

Para satisfazer suas comodidades e seus prazeres
Sei que é dinheiro que tu queres em qualquer idade
Mãe terra, corra dos exploradores
Dos que te causam dores
E escute os clamores, daqueles que vivem dos amores

Letra enviada por Playlists do Vagalume

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Aládio Dullius no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS