Agnaldo Rayol
Página inicial > A > Agnaldo Rayol > Pot-Pourri Amigo Altemar

Pot-Pourri Amigo Altemar

Agnaldo Rayol

Sempre Romântico


Sonhei que eu era um dia um trovador
Dos velhos tempos que não voltam mais

Acabei de saber
Que você riu de mim
E depois perguntou
Se eu vivi, se eu morri
Já que tudo acabou

Eu sei lá se você
Quis de fato saber
Pelo sim, pelo não
Abro o meu coração
É melhor lhe dizer

Sentimental eu sou
Eu sou demais
Eu sei que sou assim
Porque assim ela me faz
As músicas que eu vivo a cantar
Tem um sabor igual
Por isso é que se diz
Como ele é sentimental

Brigo eu
Você briga também
Por coisas tão banais
E o amor
Em momentos assim
Morre um pouquinho mais
E ao morrer então é que se vê
Que quem morreu fui eu e foi você
Pois sem amor
Estamos sós
Morremos nós

Alguém te amou
E hão de te amar
Como eu te amei
Há corações que te darão
O que te dei
Tu passas pela rua
E a vida continua
E em mim também
Esta saudade sempre tua

Composição: Jair Amorim / Evaldo Gouveia

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Agnaldo Rayol no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

ESTAÇÕES

ARTISTAS RELACIONADOS