Agnaldo Rayol

Chuva

Agnaldo Rayol


Ai como a chuva é triste
O céu cinzento insiste
Em provocar a minha dor

Sei que te amar é inútil
Mas tu me julgas fútil
Sem compreender o meu amor

O céu molha de pranto minha vidraça
E um outro pranto meus olhos tristes, embaça
Acreditar eu não quero
No que hoje esta chuva me diz que
Jamais serei feliz

Composição: Armando Rosa / Hervé Cordovil

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Agnaldo Rayol no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

ESTAÇÕES

ARTISTAS RELACIONADOS