Página inicial > Samba > A > Agepê > Marcas De Espinhos

Marcas De Espinhos

Agepê

Agepê (1979)


O sol já se põe de mansinho..
A noite não tarda a chegar
o meu pensamento vagueia
Você meu amor onde está?
Quisera poder ter certeza desse seu modo de amar

Não foi normal..que eu tirei espinhos
Que você deixou no caminho..
Por onde eu devia passar
E ainda vem
Dizendo-se arrependida
Que quer começar nova vida
É tarde pra recomeçar

Agora eu vejo benzinho.
O bem que a vida me fez.
Me fez conhecer a saudade ..
A dor do amor..do querer..me fez o palhaço na vida
Palhaço eu fui de você..

Não foi normal que eu tirei espinhos
Que você deixou no caminho
Por onde eu devia passar..e ainda vem..
Dizendo-se arrependida
que quer começar nova vida

O sol já se põe..de mansinho..
A noite não tarda a chegar..o meu pensamento vadia..
Você meu amor onde está?

Quisera poder ter certeza desse seu modo de amar
Agora eu vejo benzinho
O bem que a vida me fez me fez conhecer a saudade
A dor do amor..do querer..me fez o palhaço na vida
Palhaço eu fui de você

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Agepê no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS