Página inicial > A > Ágata > Bipolar

Bipolar

Ágata


Tem vez que quero que você me pegue
Mas outra eu quero que você me solte
Não sei se quero ter você por perto
Não sei se é azar ou se é sorte

Não sei me acostumo com seu jeito
Mas admiro o jeito de olhar
Não sei se você vai se acostumar
Com meu jeito Bipolar

Tô querendo e depois não quero mais
Tô querendo e depois não quero mais
Tô querendo e depois não quero mais
Não quero mais
Tô querendo e depois não quero mais
Tô querendo e depois não quero mais
Tô querendo e depois não quero mais
Não quero mais

Ela pediu, e já sentiu, apareci, viu?
Ela gostou, mas tá de caô, não vai assumir, demorou
Ela é maluca, mas eu gosto dela
Fico imaginando meu rolê com ela
Eu tô ficando maluco no jeito de olhar
Eu não paro de pensar

Tô querendo e depois não quero mais
Tô querendo e depois não quero mais
Tô querendo e depois não quero mais
Não quero mais
Tô querendo e depois não quero mais
Tô querendo e depois não quero mais
Tô querendo e depois não quero mais
Não quero mais

Ele pediu, e já sentiu, apareci, viu?
Ele gostou, mas tá de caô, não vai assumir, demorou
Ela é maluca, mas eu gosto dela
Fico imaginando meu rolê com ela
Eu tô ficando maluco no jeito de olhar
Eu não paro de pensar

Tô querendo e depois não quero mais
Tô querendo e depois não quero mais
Tô querendo e depois não quero mais
Não quero mais
Tô querendo e depois não quero mais
Tô querendo e depois não quero mais
Tô querendo e depois não quero mais
Não quero mais

Compositor: Luan Otten e Saulo Poncio

Letra enviada por Swellen Sauer

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Ágata no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS