Tumulto

Aerocirco


Imortal, quando a força é maior que o rival

Já não há líder, há ruínas, nada mais
Tudo se varre, basta o tempo e o vento faz
Olá quem vem? É azar demais
Levou meu bem, por mal também

Tomados em fúria como um tufão

A luta santa que no mínimo é fatal
Trouxe uma razão que consigo trouxe o mal
Acenaram e dividiram bem
Quem dança a dana e quem é do bem
Sou um homem que sofri por mentir e calar meu grito

Tumulto em mim

Já não sou tão forte ao ser capaz
De vencer a briga ao amar mais
Quando o coração tumultuou
Pede sua paz que já levou

Foi de joelhos que imploraram aos seu pés
E o seu tormento que esconde quem tu és
Já veio logo há um ano e pouco atrás
Prometendo o que não faz

E o mundo espera somente por nós

Saiu de longe bem em frente a um mortal
Que liga o lógico a você e sem igual
Tão convincente, quase demente sem mais e não há
Mesmo que a força esteja fraca

Traga a calma que sumiu com a alma

Já não sou tão forte ao ser capaz
De vencer a briga ao amar mais
Quando o coração tumultuou
Pede sua paz que já levou

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Aerocirco no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS