Página inicial > Indie > A > Aerocirco > Nem Tudo É Tudo

Nem Tudo É Tudo

Aerocirco


Andando no escuro e muito rápido
Num mesmo ritmo, achando o máximo
Nem tudo é tudo

A estrada é reta, longa e sem a contramão
É o que pensava nessa plena escuridão
Um estrondo forte, fez rodar
Sem parar, sem parar

Se viu no ar, depois na terra, enfim no mar
Passando um filme que sacou não mais viver
Todos choravam, nem paravam de olhar
Ele queria, enfim, tentava levantar
Ou levitar

Ele se achava certo em todo lugar
Vestia um anjo, mas não sabia rezar
Achou a sorte em outras vezes que outros não
Tiveram a mesma que achava ter demais

Enfim as vezes tudo tem uma razão
O acaso é trágico pra essa dimensão
Nem tudo é mágico ou absurdo
Nem tudo é vago ou é tudo
Nem tudo

Que seja, que seja o que quer
Que seja, o que é bem mais
Que seja, que seja o que quer
Que seja, o que é bem mais

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Aerocirco no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS