Frases Ventias

Adriana Maciel


Teu beijo catavento que assovia
Frases ventias
Prá ti, sem mim
Pelo portão que escorre a calmaria
Dos utensílios que a vi servir

Saladas em lavouras de agonia,
Com ar de amor que mal dormia.

Como porção de arroz na água escura
Na desventura de ver o dia,
Toda canção de amor agora é tua
Põe o tecido que tu tecia

Arranca esse ardor de moda surta
Carrega meu amor com pés de fruta

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Adriana Maciel no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS