Tudo E Nada

Adilson Ramos


Tenho tudo aqui
Não me falta nada
Mas saudade aperta
Deixa ela marcada

A velha sanfona na beira da estrada
E o som da viola bem de madrugada
Até o cantar do jurití
A saudade mata mais

Dela onde andará
Dela onde andará
Ja não tenho hora nem tempo marcado
Pois vivo perdido

E ando apressado
O meu peito é forte,é forte,é forte,
Não aguento mais
Faço a mala e volto pra te encontrar

Até o cantar do jurití
A saudade mata mais
Dela onde andará
Dela onde andará

Compositor: Adilson Ramos, Calazans,hermê José

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Adilson Ramos no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS