Maria Rosa

Adelmário Coelho


Troquei o beijo de maria rosa
Mulher caprichosa por uma folia
Maria rosa que me amava tanto
Me queria tanto e eu não correspondia
Maria meiga, mil, maravilhosa

Pétala de rosa, um botão de flor
Um vão de amor lotado de carinho
E eu um pé de espinho arranhando o nosso amor
Se ela soubesse o quanto tá doendo
O coração moendo essa saudade crua
Mandava só um dedo de notícia

Pra não ver polícia me prender na rua
O tempo vai embriagando as mágoas
Cachaça não é água, isso eu sei de cor
Mas de que vale a minha lucidez
Se me procuro e toda vez eu só me acho só

Maria onde é que estás agora
Maria onde foi que se meteu
Maria qualquer dia ainda te acho
Fraqueza é coisa de macho
Vem cuidar do que é teu

Letra enviada por Playlists do Vagalume

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Adelmário Coelho no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS