Chá de Costa

Adelmário Coelho


Meu amor não esperou que eu me defendesse
Brigou comigo, me xingou
Se aborreceu, não compreendeu e me expulsou
Eu sei que eu errei, mas qual o homem que não erra?
Pulei a cerca, me estrepei
Agora nosso amor está em guerra

Meu bem, tá tudo bem
Me queira bem, faça assim não
Vamos acabar com esse tormento, oh paixão
Meu bem, tá tudo bem
Me queira bem, vamos de novo
Tá me arrebentando o coração
Com certeza sei que morro de desgosto

E vamos lá, tente esquecer, abra um sorriso para mim
Já cansei de estribuchar nesse colchão
E você dando chá de costa em mim
Vem cá, se encoste neu, eita que amor tão demorado
Sei que tô pagando o meu erro
É duro tanto amor ser rejeitado

Letra enviada por Playlists do Vagalume

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Adelmário Coelho no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS