O Tronco

Acidente


Dorme um sono bom, um sono tranquilo
O mundo nos confunde ao apresentar
Mais coisas do que eu posso compreender
Histórias que não dá pra acreditar
Mas algo nisso tudo é consistente
Se eu não trabalhar não vou comer
Por isso é necessário repousar
E acordar pra o tronco nos moer

O tronco
Ralou minha juventude
Escamou a minha alma
Fez de mim o que hoje eu sou

Um dia
Quando o tronco for passado
Eu vou estar muito cansado
Então dorme, por favor

Dorme um sono bom, um sono tranquilo
O mundo nos confunde ao apresentar
Mais coisas do que eu posso compreender
Histórias que não dá pra acreditar

(solo)

O tronco
Regulamenta meu dia
Torna a noite uma alegria
Dá um mês pra se esquecer
Que o resto
Dos anos é a vida passando
E a gente edificando
Um futuro que não vai viver

O tronco
Esmagou o que eu sonhava
Esfolou minha esperança
Me levou até onde estou
No fim
Quando o jogo tiver acabado
Estaremos arrasados
Então dorme
Dorme
Dorme que o sol já raiou!

Compositor: Paulo Malária

Letra enviada por Helio Jenné

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Acidente no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS