Mais Mundo

A Volante do Sargento Bezerra


arrasta a sandália
é cedo, não pára
não joga a toalha
que a caminhada não tem fim

destrava da sala
alcança a senzala
joga o teu olhar
pra além de mim

não é fogo de palha
se o caso é sério
não tem despautério
lugar pra engano
aquí que não há

nem lugar pra canalha
o mundo é vasto
afasto a tristeza
só canto o que vale cantar

não há coisa que valha
a paz e o sossego
no mundo dinheiro
que compre a harmonia
do homem não há

honradez não se vende
não há nesse mundo
mercado que tenha
vergonha na cara pra comprar

quanto mais que tu ver mundo
bem mais mundo há.

Compositor: Kléber Aguiar / Kiko Lisboa

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a A Volante do Sargento Bezerra no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS