Página inicial > Axé > A > A Volante do Sargento Bezerra > Da Janela Pro Terreiro

Da Janela Pro Terreiro

A Volante do Sargento Bezerra


Da janela pro terreiro
Nem o verde dos seus olhos eu consigo ver
Sinto aquele nó no peito
Peço a deus a chuva pra ver florescer

Pra ver o sertão virar mar
Ver meu coração navegar
No verde que há em toda plantação
Que brota no chão e vem alimentar

Nossa gente do sertão
Que tem no coração todo amor que há
Tem no peito a pulsação todo amor que há
E fazer transformar

Pra ver o sertão virar mar
Ver meu coração navegar
No verde que há

Em todo lugar em seu olhar
Em todo esse chão que eu pisar
Levo uma canção de amor
Pra você se lembrar

Compositor: Gabriel Dominguez / Kiko Lisboa

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a A Volante do Sargento Bezerra no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS