Página inicial > Punk Rock > A > A Corte Animal > De Brasília, Com Amor

De Brasília, Com Amor

A Corte Animal


Todo mês eu recebo
Cartas de um estranho
Marcadas com meu nome
Como parte de um rebanho
Não sei bem se é amor
Ou só perseguição
Surto emocional
Ou só inflação

Mas em Brasília se contam
Muitas histórias com vigor
Mas em Brasília se guardam
Muitas memórias com pudor
(De Brasília, de Brasília, de Brasília)
Com amor

Restos criptografados
Por um poeta canalha
Fazendo da nossa cabeça
Com uma ponta de navalha
Por que ainda aceito
Jogral sem fim?
Se o seu canto pragmático
Não encanta meu jardim

Mas em Brasília se contam
Muitas histórias com vigor
Mas em Brasília se guardam
Muitas memórias com pudor
(De Brasília, de Brasília, de Brasília)
Com amor

Compositor: James Guará; Gabriel Zarro; Arthur Bueno; Daniel Elias;

Letra enviada por James Fabrício Daniel

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a A Corte Animal no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS