3030
Página inicial > Rap > 0-9 > 3030 > Caos (Part. Cozz)

Caos (Part. Cozz)

3030

Tropicália


O problema não é nós dois mas sim
O efeito que tu causa em mim
É quente, sente o fogo aqui
Desculpa, vai ser difícil se livrar de mim

O relógio faz tic tac, eu vou no zig zag
Se me atiram eu miro mas não acerto o mago
Ouço o clic clac, antigo pupilos tem piri pac
Ouvindo o Rod magro

Quem sou eu sem o amor?
Amargo o sangue sente o sabor
Afundei seu barco ninguém se salvou
Te fumei no trago o seu fogo apagou
Tem uns que fumam cigarro marlboro light
Os que fuma beck tá doidão de hash
Quer entrar no jogo mas não sabe o naipe
Quer entrar no ring mas não sabe o fight
Eu já adestrei então senta, fica e late
Eu tô vendo o Pinóquio quer ser de verdade
De binóculo vendo sua vaidade
Vem me pegar eu tô na sua cidade

Podia ter tudo mas prefere like
Eu tenho carro e tudo mas prefiro a bike
Eu me refiro a dar um rolé de boa a tarde
Sempre te emanando positividade
Mesmo que tu não absorva e não se envolva
Mas aprenda, que toda ação tem uma reação
E toda escolha tem uma consequência
E não me compreenda, não espero isso
A vida segue sempre eu sigo compromisso
Com o que eu acredito
Eu admito os erros, tenho mais acertos
Eu não vou em enterro
Sei que tenho amigos pra contar nos dedos
Agradeço os falsos que não tão comigo
Eu sou leão demais pro seu quintal
Eu tô na selva já fugi do cerco

Enquanto eu bebo do caos
E provo a dose amarga do amor
Eu fumo mais um trago de ti
Nem sempre eu me embriago de mim
Eu vim guiado de cima

Enquanto eu bebo do caos
E provo a dose amarga do amor
Eu fumo mais um trago de ti
Nem sempre eu me embriago de mim
Eu vim guiado de cima
Enquanto eu bebo do caos

Já dei fuga na morte
Eu não quero te falar
Porque tu louva e corte
hoje eu tô porte gringo
Fazendo virar com meu miczinho
Eu que não tinha norte nem noção de nada
De longe hoje forte mas leve eu tô pronto
Olha o filho do Rod, isso é um dom divino
Eu sempre imaginei olha a sorte vindo
Segura agora!
Os menor que não tinha futuro
Hoje tão sendo luz no escuro
Enxerga a cura e juro que agora tô puro
Mas seguro sigo, fazendo caminho inverso
Esse sistema que engula minha ira cuzão

Brotei no beco pra buscar
A minha (malerisim?)
Avisa eu só saio de lá
Quando ela tiver juntin

É que eu tô viciado nesse jeito que tu tá fazendo
Me deixando intimidado igual quem tá devendo
Mas eu tô pagando pá vê onde vai dar isso mesmo
Igual fuga dos "home" ela é o perigo eu tô querendo

Enquanto eu bebo do caos
Eu provo a dose amarga do amor
Eu fumo mais um trago de ti
Nem sempre me embriago de mim
Eu vim guiado de cima

Enquanto eu bebo do caos
Eu provo a dose amarga do amor
Eu fumo mais um trago de ti
Nem sempre me embriago de mim
Eu vim guiado de cima
Enquanto eu bebo do caos

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a 3030 no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

ESTAÇÕES

ARTISTAS RELACIONADOS