• Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Rádio
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Play
    PLAY

    (Pablo)
    Bem vinda ao meu mundo mina
    Em um minuto nosso mundo explode
    Overdose de adrenalina
    Transformando nosso sangue em sorte

    (Villeroy)
    Bem vinda ao meu mundo
    Só se envolve no jogo quem não tem medo
    1kilo é a tropa, certo pelo certo fazendo dinheiro
    E tu diz que eu to no erro, uma hora eu acerto
    Seja tarde ou cedo, juizinho de internet
    Nunca ouviu um bezerra, te ensino o alfabeto
    Seu leigo inseto
    Bate no peito pra falar que é da rua
    Mas não passa de um nerd
    Cê diz que é sorte né, mas sorte num é
    Morte vem a pé ou de moto foco nos negócios
    Então me diz qual é, cê diz o que é?
    Ou é o que diz só pra agradar mulher
    E os mano aplaudir em pé, zé
    Pergunte pros meus sócios, utilize o ócio
    Bem além do lógico, típico, óbvio
    O tópico é lírico, cê quer?
    Então não pule pro próximo, ouça cada universo positivo ou mórbido, fé

    (Gigante)
    Tentar fazer o impossível é como buscar o horizonte caminhando pra frente
    Só uma mente aberta é capaz de ver o significado do que acontece por acidente
    Assim me levo indelével, na leva eu elevo o level
    Tipo Ret, eu também revel, li livro de Eli mais que o Denzel
    A Dona Iolanda foi que me benzeu, com o palito que ela acendeu
    Em nome do Pai, do Filho e do Espírito santo o quebrante ela venceu
    Nos meus elos com passado entendo que é um círculo compassado
    Visão 180 graus, enxergo a metade de todos os lados
    Pego pesado, não nego o legado
    O prego enfezado pelo o que eu tenho pregado
    Tá achando ruim paga as minhas contas, eu não pago pau pra delegado
    Nem tudo é relativo, depende da relação
    Nem tudo é negativo, depois da revelação
    Nem todo ser tá vivo em busca de redenção
    Quem causou sendo agressivo, recebeu a mesma reação

    (Knust)
    Alô, amor?
    Bem vinda ao mundo onde vão te taxar de puta
    E a falta de empatia faz outro julgar sua luta
    Onde preto e crime se associa, triste né
    E quem nunca sofreu racismo vai falar que ele não existe
    Eu tenho pena da futura geração
    Em vez de carro voador só vão portar fuzil na mão
    Vai ser o dia da caça, a rua cerol fino
    Nós vai ser Winchester e eles vão ser Hortelino
    Tá foda falar de amor
    Mas tem quem tente
    Amor, vou sair cedo porque a chapa no meu bairro tá quente
    E pô, nós tá no veneno
    E quem vem nos defender? A Onu, o Juiz ou O Zé pequeno?
    Hoje eu tô vendo que o herói era meu professor de história
    Tomar no cu teu ex e esse machismo da pré-história
    Tomar no cu quem veio me falar pra usar o formal e o padrão
    Já tô chegando amor, mas entendeu a visão?

    (Fernanda Correa)
    Me leve pro teu mundo, que eu te mostro o meu
    Para cara, fala que isso é marra e quem vê cara não tá pronto pra enxergar coração
    Adrenalina que essa mina tem fome de mundo
    Te confunde, o mundo gira ela vira o copo junto
    Num segundo tudo muda
    E ao mesmo tempo nada sai do lugar
    Me encontrei procurando outros lares
    Me perdi me achando em bares
    Naveguei norte a sul sete mares
    Leste oeste por todas as áreas atenta e forte
    Nem sempre se conta com a sorte
    Essa vida é um teste, nem tenta
    Minhas track chegaram pra quebrar record
    Eu quebrei a cena pra subir no pódio
    Vim botar fogo na cidade, destruir o teu império
    Dominar a tua banca, e mudar o teu critério
    Se eu subi for por meu mérito
    Sou a minha própria lei
    Meu instinto é intrépido
    Mas eu te falei

    (Samurai)
    Outro beat, outra letra, outro feat, outra caneta
    1kilo de sonhos e planos pra encaixar aqui
    Pode achar que eu sou o capeta, ou apenas uma muleta
    E vire apoio pra no fim teu ídolo subir
    Mas tão errado, vacilão tá equivocado
    Eu não vou mais ficar parado e só ser taxado de foda
    Sem nem um trocado, pra depois eu ser trocado
    Sem ao menos ter tocado em uma maleta de dólar
    Eu vi Jesus de terno, Capeta fora do inferno
    Ponta do dedo amarelo, calça bege sem chinelo
    Ofereceu um cigarro eu quero, conversando com Marcelo
    Que não era amigo do Samurai
    Vai linda, muda meu mundo
    Antes que o meu mundo mude, e nada do que faça ajude
    E pra esses nerd sem caneta
    Que minha letra faça reagir na vida
    Tanto quanto no Youtube

    Letra enviada por Natália França
    Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção »

    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de 1Kilo

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.