Página inicial > Rap > 0-9 > 1Kilo > Kamikaze

Kamikaze

1Kilo


(Pablo Martins)
Eles me procuram e eu já tô longe
E é no meio da madrugada que elas querem ter
Avisa pro seu x9 ir se adiantando
1kilo na linha de frente

(Seman)
Nego a sorte de vocês
de eu ainda pensar na minha coroa
Se não mandava vocês tudo da um role no outro lado
Em escola de covil eu também sou cobra criada
Fiz bullying com a professora, expulso
Mas não reprovado
O Sol vai nascer pra todos mas
Quem não dormir de toca, vai ver ele primeiro
Eu rezo pra minha santa, que amanhã venha a bonança
Porque hoje infelizmente pra uns o clima tá cabreiro
Eles me chamam de amigo
Falso acha que eu não fito né
To de bom vivant e se tiver que perder alguma coisa
Que sejam meus inimigos
Eu to há tempos correndo contra o tempo
Pra provar pra mim mesmo que não foi perda de tempo
Tudo que eu vi, vivi, curti, nada foi em vão
E minhas decisão que me trouxeram até aqui
To ganhando e perdendo, muitas vezes me fodendo
mas sempre aprendendo
Vivão e vivendo, no jogo de bem me quer
onde é vários mal me quer, que ta tendo
Cês já notaram que tão falando demais, normal
e no fim tão fazendo de menos
Cuidando da minha vida, tentando viver minha vida
mas se tão enganando alguém
Esse alguém é vocês mesmos
Tua cabeça é teu guia ou melhor
Cada cabeça uma sentença
Por isso no decorrer da via
estranhas desavenças te fazem perder a cabeça
E o banquete tá na mesa
E com certeza não é nenhuma surpresa
nosso prato ser vingança, viu
Sou o horror do teu filme de terror
pão que o diabo amassou
Certo que eu não como frio

(Pablo Martins)
Nossa vida é só pra quem pode
Nossa fama é sem holofote
Nós não temos medo da sorte mina
Nós não temos medo da morte mina

(Rudah Zion)
Só preciso de Jah pra ser feliz
Mulher e filhos, o palco, chegados e mais 1kilo
Vencedor vence, a dor enfrenta
Enfrente, vá em frente
Trouxe nada quando eu vim
Não vou levar nada comigo
A house é com piscina
Na malandragem compra e vende
Dei volta por cima, quem tirou agora sente
Pra tu julgar o caráter de um homem
Julgue como ele renasce das cinzas e não se esconde
Pic pega ladrão, 157 oitão
Puff, pass, pass, bic e bec
Teco, breco, prego
Splish splash na dama
Filho da neblina
Se tá em frente ao reto, cê fica esperto
Calado e quieto, original cara de mal
Não sou o tal, nem o pan
Só quero meu vil metal
Minha mentalidade é mal, é criminal
Eu sou periferia, Cascão & Mano Brown

(Pablo Martins)
Eles me procuram e eu já tô longe
E é no meio da madrugada que elas querem ter
Avisa pro seu x9 ir se adiantando
1kilo na linha de frente

(Md)
Vejo a cena como um carro capotando na minha frente
Vejo um carro capotando na minha frente como a cena
Quantos rodam quando gira o capital
Pedem que eu me adapte
Mais que Sete pragas cairão no seu quintal
1kilo assassinando (kk!)
Pra quem não tem caixa d'água
qualquer chuva é vendaval
Engraçado né, olha só quem tá em cartaz
Não se sinta agradado ao ato de não degradar
Vai ser um baita problemão se meu coração
Me deixar na mão
Pela demanda mando mais uma demão
Pelo bando bandei a bandeira
Segui seus comandos, confiei na causa
Hoje vejo todos debandando
E não é que é
É puro feeling, parece até sátira
Comé que eu canto sem nenhuma pauta
Sem saber escala
O cheiro que exala, todo mundo inala
Ninguém se indaga, o efeito da fábrica
Secando até minha lágrima
Nessa escalada, se escalaram pra ser a escada
Só não pensavam
que eu seria o causador da sua queda
Área de perfuração Rota de sangue
Um Crip ouvindo schoolboy na área dos Blood

(Pablo Martins)
Nossa vida é só pra quem pode
Nossa fama é sem holofote
Nós não temos medo da sorte mina
Nós não temos medo da morte mina

(Marcílio Filho)
Bem vindos a caça ao ouro
My niggas não querem ficar com pouco
My niggas não querem morrer pelos porco
esse mundo é louco
Uma pá de escroto
Que diz que engatilha e atira é não sabe tirar o ferrolho
Que diz que atira mas, na mira bota o olho
Nos mano bota o olho gordo, invejoso
Uns idolatram Escobar, uns idolatram Sérgio Moro
Gira o globo e vocês criticando a globo, vendo a globo
Minha mãe vendo a globo, esperando cair no sono
Se me chamarem, claro que eu vou, é só a cara de bobo
Porque não é vocês que no meu aniversário
vão botar a cerva e o bolo
Vira o jogo, to á um suspiro de mais um sopro
Minha letra não é cuspe nem arroto
Não é só simples linhas de soco
Sul, Sociedade dos Poeta Morto
Mdp, Lombra Gang, 1kilo cumpade é o apavoro
Enemies, pedem socorro
Vão dançar que nem pimpolho
A terra pode ser de cego
e sinto lhe informar que você não é o caolho
Incomodado, acomodado é o verdadeiro tolo
Incomodado, acomodado é ignorado pelo povo
Incomodado com político, acomodado com trabalho
Ignorado, endividado como quase todos somos

Letra enviada por Vinicius Silva

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a 1Kilo no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS