Página inicial > Rap > 0-9 > 1Kilo > Comércio Arriscado

Comércio Arriscado

1Kilo


[baviera]
Não me procure se você se acha
Sou louco é pelas mina
Que não paga tão de louca
Romântico é te pagar um açaí
Não é pagar um buquê de rosas
Entender que a minha moda
É sair sempre com a mesma roupa
Eu tô sem grana a meses
Mais duro que eu só meu pênis
Disseram que pra tá no rap era só ter um tênis
Parcelei essa porra em 10 vezes
Não rimei pra ser melhor que nenhum deles
Escute djonga "seje menes"
Rap é legal mas eu sou super pop
Quero ir na tv conhecer luciana gimenez po

Suas rimas só diz que as mina que te dar
Geral sabe que é mentira mano eu tenho dó
Loucão de loló, cês lambe até lulu é da popo
Nas rima te bato igual popó
Tenta sorte que o azar é certo
Aqui é mar aberto
Não é a piscina que cê faz natação não
Se existe rap game eu prefiro jogar dominó
Com os mais velho na praça
Escutei suas rimas sem graça, nossa
Uns papo velho na praça
Mc tipo a praça é nossa
Nem perca seu tempo escutando essas rimas
Se você só tem uma hora de almoço
Que a moral da história é tipo eu dizer
Que a novinha não me quer
Só porque eu vim da roça

[knust]
Hey, ninguém vai lhe tocar
Se souber o que dizer
Mesmo que os planos virem miragens
Que os planos virem miragens
Que os planos virem miragens
O máximo ou nada na negociação

(clara lima)
Pelo sim pelo não
Quem me viu quem me vê
Sabe bem quem eu sou
Sabe bem de onde eu vim
Mas não sabe onde eu vou, não, não
Falqueira clonada, quebrada é quebrada
De corre na pista, vira madrugada
De capuz na cara, é raro quem encara
Quase nunca vista, sempre lembrada
Mais destaque no corre
Hora cê mata ou cê morre
Querem meu sangue na esquina
Sei que é meu sangue na esquina
Entre negócios e rimas
Sangrei por várias esquinas, mano
Pega a fita e vamo, que a quebrada chora
Sempre comemora quando um filho volta
E hoje é nossa volta, e se eu tô de volta
É trazendo tudo que é nosso
Tudo que é nosso
Ninguém vai me tocar
Quanto vai mais alto estiver
Ninguém vai nos tocar
1kilo de tiro nos bruxo pô
Original ge

[mz]
Tu quis correr o risco do crime
Mas pra jogar no meu time
Espero que tu entenda qual é a minha situação
Gata é simples igual tinder
Nós match caso combine
Espero que isso termine com você no meu colchão
Teus olhos dizem que sim
Mesmo quando você diz quem não
Estou te jurando mais
Que o juros da parcela do cartão
Tendo que pular o muro
Quando cê tranca o portão
Por quem eu sempre volto duro
Quando encontro com funkero
Eu estou desde janeiro de dois mil e pouco
Sonhando o dia inteiro
E trabalhando como um louco
Lucro é consequência
Em sequência me paga o troco
Teu corpo tem toda essência
Tendência que eu dissolvo
Resolvo, nós dois no quarto problema não tem
Se ela vem ein, eu você é mais ninguém
Sem quem tem freio pra nós dois
Um segundo zero à cem
Testa o seu conhecimento
Igual vestibular do enem

[ct]
Cês avançaram tanto que ficaram velho
Faça versos pro teu velho ter orgulho
E não pra alimentar teu ego e teu orgulho
Papo sério se eu quiser eu nem rimo
Mas se eu quiser ainda te ensino
É sem mistério
Cê sabe a diferença entre som e barulho
Ou cê só pensa que tem o dom do bagulho?
Sei que cês tentam, mas sempre vão no muro
Eu quero é derrubar portões
Abrir novos portais, com canções imortais
Na fé de que ainda teremos momentos serenos
Menos veneno
Seremos tudo que sonhamos
Vamos que ainda dá tempo
Tamo pelo dom da rima, som que contamina
Me ilumina e me ensina a ver o lado bom da vida
Tamo na sede do jogo e não viemos pra resenha
Não entendeu ouve de novo
E bota a porra da legenda

[knust]
Hey, ninguém vai lhe tocar
Se souber o que dizer
Mesmo que os planos virem miragens
Que os planos virem miragens
Que os planos virem miragens
O máximo ou nada na negociação

[chris]
Quatro meses passados
Bato meta, não entrei por cota
Comércio dos mano é arriscado
Os cana estão na bota
3 Vezes testado, nunca encontrado
Eu mudei minha rota
Recebo adiantado sempre o azul das notas
E o capuz encobre a face nova do sufoco antigo
Código morse, eles explicam mas eu não consigo
As vozes falam comigo
Que aquele amigo é inimigo
Se a morte é castigo eu sigo
Assino esse hit, não esse artigo
Os haters achando que eu ligo, mas só desligo
Inimigo eu mato igual o rambo
O sonho da minha mina é me ver de lamborghini
A mais foda vai estar no carona
Eu roubo a cena, paco lambertini
Beijo doce igual fini
Mas ela só me deprime
Depois se redime no plano perfeito
Arriscado igual crime
Ela odeia grana, eu amo
Tanto ela quanto grana
Flores na grama
Empresários visionários, dinheiro por grama
Odeio a fama, ela sempre passa
Fazem fumaça mas sem sinal
Estão tipo zorra total, só piada sem graça

Letra enviada por Playlists do Vagalume

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a 1Kilo no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS