Muito mais que só letras de músicas

  • Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Play
    PLAY

    Alma,
    deixa eu ver sua alma
    A epiderme da alma,
    superfície.

    Alma,
    deixa eu tocar sua alma
    Com a superfície da palma,da minha mão,
    superfície

    Easy,
    fique bem easy, fique sem nem razão
    Da superfície
    livre
    Fique sim, livre
    Fique bem com razão ou não, aterrise

    Alma,
    isso do medo se acalma
    Isso de sede se aplaca
    Todo pesar
    não existe
    Alma,
    como um reflexo na água
    Sobre a última camada
    Que fica na superfície,
    crise
    Já acabou, livre
    Já passou, o meu temor do seu medo
    Sem motivo, riso...de manhã, riso de neném
    A água já molhou a superfície

    Alma,
    daqui do lado de fora
    Nenhuma forma de trauma
    sobrevive

    Abra a sua válvula agora
    A sua cápsula alma
    Flutua na
    superfície lisa, que me alisa, seu suor
    O sal que sai do sol, da superfície
    Simples, devagar, simples,
    bem de leve a alma ja pousou, na superfície

    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de Zélia Duncan

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.