Muito mais que só letras de músicas

  • Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Hot Spots
  • Notícias
  • PLAY

    Uncle Tom's Cabin
    Just for the record
    Let's get the story straight
    Me and Uncle Tom were fishing
    It was getting pretty late
    Out on a cypress limb
    Above the wishin' well
    where they say it got no bottom
    Say it take you down to hell
    Over in the bushes
    And off to the right
    Come two men talkin
    In the pale moon light
    Sheriff John Brady and Deputy Hedge
    Haulin' two limp bodies
    Down to the water's edge

    I know a secret down at
    Uncle Tom's Cabin, oh yeah
    I know a secret that
    I just can't tell

    They didn't see me and Tom
    In the trees
    Neither one believing
    What the other could see
    Tossed in the bodies
    let 'em sink on down
    To the bottom of the well
    Where they'd never be found

    (CHORUS)
    I know a secret down at Uncle Tom's Cabin
    I know a secret that I just can't tell
    I know a secret down at Uncle Tom's Cabin
    Know who put the bodies in the wishing well

    Soon as they were gone
    Me and Tom got down
    Pray' real hard
    That we wouldn't make a sound
    Running through he woods
    Back to Uncle Tom's shack
    Where the full moon shines
    Through the roof tile cracks

    Oh my God, Tom, who are we gonna tell
    The sheriff he belongs in a prison cell
    Keep your mouth shut
    That's what we're gonna do
    Unless you wanna wind up
    In the wishin' well too

    (CHORUS)

    Oh yeah, ha ch ch ch cha
    Cabana do tio Tom
    Só para constar
    Vamos entender direito essa história
    Eu e o tio Tom estávamos pescando
    Estava ficando bem tarde
    Predurados num cipreste
    Sobre o poço de desejos
    Onde dizem que não há fundo
    Dizem que o leva direto ao inferno
    Por sobre os arbustos
    E para a direita
    Vêm dois homens conversando
    Sob o luar pálido
    Xerife John Brady e Delegado Hedge
    Rebocando dois corpos despedaçados
    Até a beira da água

    Sei de um segredo lá
    Na cabana do tio Tom, é
    Sei de um segredo que
    Não posso contar

    Não viram eu e o Tom
    Nas árvores
    Ninguém acreditando
    No que o outro poderia ver
    Enfiaram os corpos
    Deixaram afundar
    Até o fundo do poço
    Onde eles jamais seriam encontrados

    (Refrão)
    Eu sei de um segredo na cabana do tio Tom
    Sei de um segredo que não posso contar
    Eu sei de um segredo na cabana do tio Tom
    Sei quem colocou os corpos no poço dos desejos

    Assim que eles se foram
    Eu e o Tom descemos
    Rezamos bastante
    Para não fazermos barulho
    Correndo pela floresta
    De volta pro barraco do tio Tom
    Onde a lua cheia brilha
    Pelas achaduras no telhado de telhas

    Oh meu Deus, para quem vamos contar?
    O lugar do xerife é a cela da prisão
    Fique de boca calada
    É isso que vamos fazer
    A não ser que você queira acabar
    No poço dos desejos também

    (Refrão)

    Oh yeah, ha ch ch ch cha



    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de Warrant

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.