Muito mais que só letras de músicas

  • Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Play
    PLAY

    amigos peço licença
    para trancar minha rima
    e daqui, de serra acima
    cantar versos de aporfia
    pra falar na valentia
    de gaúchos e cavalos
    pois me dá gosto lembrá-los
    no rodeio em vacaria

    no rodeio em vacaria
    onde a história se repete
    aporreados e ginetes
    peleiam com altivez
    em um ventito quando em vez
    faz arrepiar a restinga
    deixando no ar a mandinga
    e a alma de trinta e três

    a alma da trinta e três
    do rasga-diabo ou do bozo
    deve andar baixando o tozo
    no meio da gauchada
    e cada venta-rasgada
    égua chucra, potro maula
    me faz lembrar os "de Paula"
    numa linda gineteada

    numa linda gineteada
    como o vigil já fazia
    igualzito o João Maria
    o ginetaco lageano
    e os de "Alla", os Castelhanos
    Don Luiz Rosa, Don Danilo
    cada qual com seu estilo
    bem no jeitão campechano

    bem no jeitão campechano
    o Graciliano Medeiros
    esporeava caborteiros
    desde a paleta até o focinho
    e o Anibal Silva, Borginho
    Ari Nunes e outros tantos
    desafiavam quebrantos
    do "vovo" do passarinho

    do "vovo" do passarinho
    e das luas aporreadas
    a Lua cheia e a Prateada
    com a mandraca la de cima
    as duas diabas divinas
    que a gineteada temia
    e quase sempre saia
    voando por sobre as crinas

    voando por sobre as crinas
    e antecipando o bailado:
    milonga, xote-solado
    ulrima valsa, rancheira
    meia noite ou noite inteira
    a corcovear pelo mundo
    sem parar um só segundo
    pra sapatear a vanera

    pra sapatear a vanera
    e pra escutar o relincho
    do tobiano capincho
    corcoveando meia-hora
    e depois sai campo a fora
    pra visita a namorada
    com a lobuna prateada
    troteando abaixo de espora!

    venham todos! venham todos!
    a lenha já esta queimando
    a carne gorda pingando
    e um mate bueno cevado
    pela cancha um aporreado
    a espera de um domador
    gaita,violão e cantor
    e prendas por todo lado

    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de Walther Moraes

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.