Muito mais que só letras de músicas

  • Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Hot Spots
  • Notícias
  • PLAY

    There Could Be Nothing After This
    in the end we tend to think of how it began
    I could never explain the picture it painted, and how it made me feel
    Now the ceiling is in motion
    The light centered and overlooked
    You want to see me disappear? Well, so do I

    Such a quiet evaporation

    We're nothing but hollow vessels in search of what makes us alive
    I never said this was my revolution when you looked me in the eye
    Oh, how I've walked this white line so many times before
    What a feeble attempt just to feel alive

    This is for you and your hopeless case
    You would never leave me in your wish to fail every time
    Every time I try

    So talk about it
    At least it makes you feel something inside

    Who have I become
    Oh God, everything all around me is crumbling at my feet

    I stare so delicate and ashamed
    At the shell I've shed myself from

    In the eyes of my ghost
    And I will never look back again
    "Não Poderia Ser Nada Depois Disso"
    No fim nós tentemos a pensar em como começou.
    Eu nunca poderia explicar a pintura que pintou, e como ela me faz sentir.
    Agora o teto está em movimento.
    A luz, centrada e negligenciada.
    Você quer me ver desaparecer? Então eu vou. Então eu vou!

    Como uma quieta evaporação.

    Não somos nada além de recipientes vazios,
    Na busca pelo que nos faz vivos.
    Eu nunca disse que era minha
    Revolução quando você me olhou no olho.
    Oh, como eu andei nessa linha branca,
    Muitas vezes antes.
    É mais uma tentativa fraca,
    Apenas pra me sentir vivo!

    Isso é pra você e seu caso desesperançoso.
    Você nunca deixaria...
    Você nunca deixaria...
    Me deixaria no seu desejo de falhar toda vez.
    Toda vez eu tento...
    (Toda vez você)

    Fala sobre, fala sobre isso.
    Ao menos te faz sentir algo,
    Lá dentro...

    (Quem eu me tornei?)
    (Quem eu me tornei?)

    Oh Deus, Tudo, Tudo,
    Ao meu redor está cedendo aos meus pés...
    Tudo, Tudo,
    Ao meu redor está cedendo aos meus pés...

    Eu fito, tão delicado e envergonhado.
    À concha que eu derramei a mim mesmo.
    Eu fito, tão delicado e envergonhado.

    (Isso é pra... Você e seu... caso deseperançoso)
    Nos olhos, nos olhos do meu fantasma...
    (Isso é pra... Você e seu... caso deseperançoso)
    Nos olhos, nos olhos do meu fantasma...


    Eu nunca olharei pra traz,
    Eu nunca olharei...
    Eu nunca olharei pra traz,
    Eu nunca olharei...
    De novo.



    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de Underoath

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.