Muito mais que só letras de músicas

  • Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Informações do Álbum 2º Último
    Ouvir álbum completo 2º Último Ano de lançamento: 2013Kamika-z
    x
    Ver discografia completa »
    Play
    PLAY

    Ela tá virada, mais uma vez de rolê na quebrada
    Jeito de quem aprontou na madrugada
    Beijou ninguém mas tá toda beijada
    Cheia de ódio mas toda apaixonada
    Se sente bem, não mal acompanhada
    Não quer ninguém, não liga mais pra nada
    Procura alguém pra enxugar suas lágrimas
    Olhos cansados, mas pedindo mais

    Até se fere mas ela prefere ver, sabe que vai sofrer e prefere se arrepender
    Mais fácil se esconder do que expor teu coração, não livra da saudade mas espanta a solidão
    copo de uísque, mente vingativa, tanta rebeldia deixa ela ainda mais linda
    E outra vez já era dia e o sol brilha e convida pra noite, se aproxima a sensação proibida de ontem

    Então cola no barraco, fica até mais tarde, esquece da vida mas não esquece a vaidade
    nunca foi a mesma depois que conheceu a rua, viu a noite de perto, seus prazeres, suas loucuras

    Ela tá virada, mais uma vez de rolê na quebrada
    Jeito de quem aprontou na madrugada
    Beijou ninguém mas tá toda beijada
    Cheia de ódio mas toda apaixonada
    Se Sente bem, não mal acompanhada
    Não quer ninguém, não liga mais pra nada
    Procura alguém pra enxugar suas lágrimas
    Olhos cansados mas pedindo mais

    Longe de casa a mais de uma semana, de giro com as amigas mil consciência insana
    Não é procura de fama,é tipo fugir da tristeza, joga o pranto na lama esquece os sonhos de princesa e vai
    Sai pra rua, mente seminua, prepara a madruga que hoje a vida é um rolê
    receita pra esquecer
    a dor e o desprazer,
    antes de mostrar que gosta, ame primeiro você

    Então cola no barraco, fica até mais tarde, esquece da vida mas não esquece a vaidade
    nunca foi a mesma depois que conheceu a rua, viu a noite de perto seus prazeres, suas loucuras

    Ela tá virada, mais uma vez de rolê na quebrada
    Jeito de quem aprontou na madrugada
    Beijou ninguém mas tá toda beijada
    Cheia de ódio mas toda apaixonada
    Se Sente bem, não mal acompanhada
    Não quer ninguém não liga mais pra nada
    Procura alguém pra enxugar suas lágrimas
    Olhos cansados mas pedindo mais

    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de Tribo da Periferia

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.