Muito mais que só letras de músicas

  • Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Hot Spots
  • Notícias
  • PLAY

    White Pearl, Black Oceans
    I was born and raised by the sea, shy yet proud,
    Learned to stay away from the crowd
    In my home, my lighthouse...
    Hundred and one steps round and down,
    new year's eve, one night on the town
    can change one life into eternity...

    All I Could see, her eyes,
    we got caught in the moment, all of the night
    Taken beyond all lines,
    in silence, leaving them all behind

    She had found the sails for the following night
    The town for her was getting way too small
    She promised to be mine
    Forever..., for that one night...

    Moments, passion, small defeats
    Concealed emotions found in me
    "You gave life to the brand new me..."

    Crossing the wintry fields,
    the first hour of morning light
    Warmed by the flame inside,
    the lasting memory of the ending night

    I never had a chance to stop what hit me...
    What broke my bones and mauled me...
    After hours of deep, unwilling sleep... In a cold shelter
    Fell back in the dark, and the hours of the day passed...

    A Nightmare awakes me, blinking light!
    There's no guide, blind ships in the night
    Oh, blood red moon eat away the night

    Darkness covers my lonely soul,
    no one to feed the dying light...

    Good morn, oh dreadful day,
    I prayed the moon had lit the sea instead of me...
    For the sails of night,
    "please tell me everything is alright..."

    My voice in the room broke the silence,
    everybody killed me with their eyes...
    What I was to hear made the people cry,
    impossible for me to keep the tears inside

    "All on the board White Pearl have died,
    Costal reef have tolled their lives
    and YOU are the light of the night..."

    One thing I remember, before I fell on the ground...
    Although I never saw the face,
    a name inked in his arm...

    Love can be like poetry of demons, or maybe
    God loves complex irony?
    The family name stated i had seen before
    Written on the front door...

    "Silence in the courthouse!"
    A presence in the room we both could feel
    the father of the unborn child and me

    All on the board White Pearl have died,
    Costal reef have tolled their lives
    While I was the guide light...
    Back in my tower, run, run, run
    Light is out, I hope to see
    Black oceans beneath rise and swallow me

    One step will take me back inside, another sees my end
    No one can love a man who guarded the light,
    (guarded the light, one fateful night)
    Flaming eyes I must confront before I am stated free

    Defining innocence is hell, after all that has past...
    Building new walls inside (my eternal night...)
    although they took my heart and dried me up
    Sometimes I still bleed...

    Show me the way, show me the way...
    The light will show me a way on the grisly reefs
    Too many dead ends I see
    No soul can save me
    The respect I lost, the measure of a man...

    Ten thousand steps down, round and round
    One night at the town and I'm hell bound
    Black oceans beneath come and swallow me
    All on the board White Pear have died,
    Costal reef come toll my life
    Black oceans beneath come and swallow me

    My little tower, seal my fate,
    Help me pay back, end their hate
    Black oceans beneath (come and swallow me)
    One direction, down down down
    Pitch black night for my old town
    Black oceans beneath shall now swallow me

    "I hope I'll commit my life to the deep
    to eternity to the ocean
    looking for the resurrection of the body
    when the sea shall give up her dead
    in the life of the world to come through Our Lord, amen."
    Pérola Branca, Oceanos Negros
    Eu nasci e fui levantado pelo mar
    Tímido, ainda orgulhoso.
    Aprendi a ficar longe da multidão
    No meu lar, meu farol.
    Cento e uma etapas redondas e baixas
    Novas vésperas de anos, uma noite na cidade
    Pode mudar uma vida na eternidade

    Tudo que eu podia ver, os olhos dela,
    Nós nos prendemos no momento todo da noite
    Feito exame além de todas as linhas
    No silêncio, deixando todos eles para trás

    Ela achou o passeio de barco na noite seguinte
    O tempo para ela estava ficando muito curto
    Ela prometeu ser minha
    Para sempre, para aquela noite.

    Momentos, paixão, pequenas derrotas
    Canceladas emoções encontradas em mim
    ‘'Você deu vida para o novo eu...''

    Atravessando os campos de inverno
    A primeira hora da luz da manhã
    Aquecido pela chama interior
    A última memória da noite terminada

    Eu nunca tive a chance de parar o que me atingiu
    O que quebrou meus ossos e espancou-me
    Depois de horas de profundo e não disposto sono... Num frio
    Abrigo,
    Caiu de volta na escuridão, e as horas do dia passaram...

    Um pesadelo me acorda, luz piscante!
    Lá não existe guia, barcos cegos na noite
    Oh, lua vermelha de sangue consome a noite

    Escuridão cobre minha solitária alma
    Ninguém para alimentar a luz da morte...

    Boa manhã, oh terrível dia
    Eu pedi para que a lua tivesse iluminado o mar em vez de mim
    Pelos passeios de barco noturnos
    ‘'Por favor diga-me que tudo está bem''

    Minha voz no quarto quebrou o silêncio
    Todos me mataram com seus olhos
    O que eu era para ouvir você fez as pessoas chorarem
    Impossível para mim manter as lágrimas dentro de mim

    Todos no embarque ‘'Pérola Branca'' morreram
    Recife da costa anunciou suas vidas
    E você é a luz da noite

    Uma coisa eu me lembro, antes de eu cair em terra...
    Embora eu nunca visse a face,
    Um nome coberto no braço dele...

    O amor pode ser como poesia dos demônios, ou talvez
    Deus ame ironia complexa?
    O nome da família indicado como eu vi antes
    Escrito na porta da frente...

    ‘'Silêncio no tribunal''
    Uma presença no quarto nós ambos podíamos sentir
    O pai da não nascida criança e eu

    Todos no embarque ‘'Pérola Branca'' morreram
    Recife da costa anunciou suas vidas
    Enquanto eu era o guia da luz...
    De volta na minha torre, corro, corro, corro
    A luz se foi, eu espero ver
    Oceanos negros abaixo da ascensão e engolir-me

    Um passo irá trazer-me de volta para dentro, outro vê meu fim
    Ninguém pode amar um homem que guardou a luz
    (guardou a luz, uma decisiva luz)
    Olhos flamejantes, eu preciso confrontar antes de eu ter estado livre

    Definindo inocência é inferno, depois de tudo que se passou...
    Construindo novas paredes dentro (minha noite eterna...)
    Embora eles tenham pegam meu coração e me secado
    Às vezes eu ainda sangro...

    Mostre-me o caminho, mostre-me o caminho...
    A luz vai me mostrar um caminho sobre o pavoroso recife
    Muitos finais mortos eu vejo
    Nenhuma alma pode me salvar
    O respeito eu perdi, a medida de um homem...

    Dez mil etapas, em círculos, em círculos
    Uma noite na cidade e eu sou o inferno e osso
    Oceanos negros abaixo venham e engulam-me
    Todos no embarque ‘'Pérola Branca'' morreram
    Recife da costa anunciou minha vida
    Oceanos negros abaixo venham e engulam-me

    Minha pequena torre sele meu destino,
    Ajude-me a pagar, terminar o ódio deles
    Oceanos negros abaixo (venham e engulam-me)
    Uma direção, baixo, baixo,baixo
    Arme a noite negra para minha antiga cidade
    Oceanos negros abaixo agora precisam me engolir

    ‘'Eu espero que eu comita minha vida para o profundo
    Para a eternidade para o oceano
    Procurando pela ressurreição do corpo
    Quando o mar irá desistir da morte dela
    Na vida do mundo para vir através de nosso senhor, amém''

    Letra traduzida por: Priscila Auad



    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de Sonata Arctica

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.