Muito mais que só letras de músicas

  • Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Hot Spots
  • Notícias
  • PLAY

    Behold! The Night Mare
    I've faced the fathoms in your deep
    withstood the suitors quiet siege
    pulled down the heavens just to please you
    appease you
    the wind blows and I know

    I can't go on, digging roses from you grave
    to linger on, beyond the beyond
    where the willows weep
    and whirlpools sleep, you'll find me
    the coarse tide reflects sky

    and the night mare rides on, and the night mare rides on
    with a december black psalm
    and the night mare rides on
    what i fear is lost here
    the wind blows and I know

    all you have to do is run away
    and steal yourself from me
    become a mystery to gaze into
    you're so cruel in all you do
    but still I believe, I believe in you

    so may you come with your own knives
    you'll never take me alive
    with all the force of what is true
    is there nothing I can do?

    I can't go on, digging roses from you grave
    to linger on, beyond the beyond
    where the willows weep
    and whirlpools sleep, you'll find me

    and the night mare rides on, and the night mare rides on
    with a december black psalm
    and the night mare rides on

    I've faced the fathoms in your deep
    withstood the suitors quiet siege
    pulled down the heavens just to please you
    to hold the flower I can't keep
    Behold! The Night Mare (tradução)
    Eu superei as milhas da sua profundidade
    Resisti ao cerco silencioso dos pretendentes
    Aproximei o paraíso só pra te agradar
    Te satisfazer
    O vento sopra e eu sei
    Não posso continuar, desenterrando rosas do seu túmulo
    Pra continuar, além do outro lado
    Onde os salgueiros choram
    E as corujas dormem, me encontrarás
    Essa onda de futilidades reflete o céu
    E o pesadelo continua, e o pesadelo continua
    Com um salmo negro de dezembro
    E o pesadelo continua
    O que temo se perdeu aqui
    O vento sopra e eu sei
    Tudo que deves fazer é escapar
    e furtivamente fugir de mim
    Se tornar um mistério a ser contemplado
    És tão cruel em tudo que fazes
    Mas mesmo assim acredito, eu acredito em ti
    Então podes vir com as tuas facas
    Você nunca me levará vivo
    Com toda a força do que é verdadeiro
    Não há nada que eu possa fazer?
    Não posso continuar, desenterrando rosas do seu túmulo
    Pra continuar, além do outro lado
    Onde os salgueiros choram
    E as corujas dormem, me encontrarás
    E o pesadelo continua, e o pesadelo continua
    Com um salmo negro de dezembro
    E o pesadelo continua
    Eu superei as milhas da sua profundidade
    Resisti ao cerco silencioso dos pretendentes
    Aproximei o paraíso só pra te agradar
    Pra tocar a flor que não posso ter



    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de Smashing Pumpkins

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.